Arquivos mensais: novembro 2010

2ª Faixa: A caçada continua…

Por em |

Se tem uma coisa que andei percebendo enquanto ouço música, é que em quase todos os álbuns, a segunda faixa tende a ser boa. Meio que um fullgás para o ouvinte.

No post passado o pessoal botou a cachola pra pensar e criaram listas de segundas faixas que abrilhantaram o álbum de tal artista. Agora vou listar as faixas dos últimos lançamentos.


Light Up The Night

Black Eyed Peas – The Beginning

Roman’s Revenge (feat. Eminem)

Nicki Minaj – Pink Friday

What’s My Name (feat. Drake)

Rihanna – Loud

Na Na Na (Na Na Na Na Na Na Na Na)

My Chemical Romance – Danger Days The True Lives Of The Fabulous Killjoys

We R Who We R

Ke$ha – Cannibal


Agora me diz, qual segunda faixa está bombando no seu player?

Black Eyed Peas – do fim ao início

Por em |

Muito se especulou quando Fergie e Will.I.Am gravaram cds solos e começaram a seguir suas carreiras, deixando o Black Eyed Peas em segundo plano. Claro que por ironia do destino, os projetos não deram certo e os integrantes resolveram revolucionar e gravar um cd totalmente eletrônico, chamado The E.N.D., que foi um sucesso mundial e que conquistou topos de paradas om os hits I Gotta Feeling, Boom Boom Pow, Imma Be, Rock Your Body, Alive e Meet Me Halfway.

Com a certeza de dever cumprido, o BEP lançou o single The Time (Dirty Bit), que é uma versão da clássica (I’ve Had) The Time of My Live, do filme Dirty Dancing, famoso por passar sempre na Sessão da Tarde. hahahahaha #brinks. A música não decepciona e repete o sucesso dos hits anteriores. Logo, outro single foi lançado: Do It Like This.

Para a alegria dos fãs, o novo álbum intitulado The Beginning vazou na internet e todos poderam conferir o trabalho novo em que o grupo aposta numa mistura de ritmos e suga todas as referências que usaram no começo da carreira.

As minhas preferidas até agora são The Time (Dirty Bit), Love You Long Time, XOXOXO, Do It Like This, The Situation, Whenever, The Best One Yet (The Boy) e Just Can’t Get Enough. As demais são boas, mas não me chamaram tanto a atenção. O cd tem muita música, porém achei que poucos são hits, em relação aos do The E.N.D, que no começo também não teve uma boa aceitação e eis que estourou.

Li alguns tweets no twitter e muitas pessoas dividem da mesma opinião que eu, na qual só Will.I.Am teve destaque, enquanto os outros revezavam alguns coros no back. Inclusive que na maioria das faixas, as vozes ficaram impregnadas de autotune. #putafaltadesacanagem

O cd The Beginning tem lançamento previsto para dia 30 de novembro, mas você pode baixá-lo aqui. Ouçam e depois digam o que acharam.

Wanessa sendo Wanessa

Por em |

Wanessa

Essa semana Wanessa ex-Camargo lançou um clipe da música Worth It, que está no seu EP, Music Ticket. A música é do estilo batidão-dance e não é dos ruins não. Eu fiquei impressionado porque fazia tempo que não curtia nada da Wanessa, já que ela fez uma bagunça cultural e não sabia o que estava fazendo.

O clipe é cheio de efeitos especiais e muita dança. Eu achei meio simples pra quem tá sempre querendo inovar, mas enfim. MANDOU BEM, WAN 😀

O que nem todo mundo sabe, é que Worth It é uma versão da música Beautiful Encounter (Yan Yu), da taiwanesa Elva Hsiao. No começo o pessoal disse que era plágio, mas a acessoria da Wanessa afirmou ser uma versão autorizada, já que ambas cantoras tem contrato com a mesma gravadora, a EMI.

Dá play aí embaixo e ouça a versão original e em mandarim.


Elva – Beautiful Enconter (Yan Yu)

Amigas ou rivais?

Por em |

Essa seção vai discutir sobre cantoras que eram amigas mas hoje em dia são rivais na música. Claro que isso não passa de uma brincadeira e que só vamos divulgar o trabalho delas. Pra começar bem, escolhi duas amigonas que tinham uma pussy de boneca. HAHAHAHA

Na época do Pussycat Dolls, Nicole Scherzinger era a cantora principal do grupo, enquanto as outras interegrantes só completavam no coro. Eu achava um egoísmo mas enfim, quando o grupo acabou, cada PCD seguiu seu caminho. Porem a que mais me chamou a atenção foi a Jessica Sutta.

Ambas estão tentando carreira solo e lançaram seus singles quase no mesmo período e eu gostei dos dois. Enquanto Nick apelou pra RedOne (mesmo produtor da GaGa), Jessica pediu para que Tearce Kizzo (produtor de Eva Simons) produzisse sua música.

Os clipes das meninas não tem nada de original, mas o de I Wanna Be Bad é mais interessante do que Poison. Veja abaixo e tire suas conclusões.


Eu torço para as duas fazerem sucesso e emplacar um hit que nem os da época do Pussycat Dolls. E na sua opinião? Quem vence essa briga?


P!nk: Maiores sucessos até o momento

Por em |

Se você tem mais de dez anos e não sabe quem é P!nk (ou Pink, anyway), você deve ter algum motivo para justificar tal ignorância. Pois faz exatos dez anos de carreira da cantora mais irreverente do mundo musical. E não digo isso a toa não: P!nk emplacou seus hits cheios de opiniões que vai de como a sociedade trata as pessoas até o comportamento de relacionamentos que não dão certo.

Assim como aparenta, P!nk é destemida e fala tudo o que quer sem papas na língua. No começo da carreira foi rotulada como mais uma obra do marketing, mas não demorou muito para deixar essa opinião para trás, até porque ela tem na bagagem mais de 30 milhões de discos vendidos.

Eis que Pink não é boba, e nos presenteou com uma coletânea com seus melhores hits dos cinco álbuns de estúdio, chamado Greatest Hits…So Far!!!, que também conta com quatro novas faixas para a alegria dos fãs. O cd foi lançado hoje e não precisa ser vidente pra saber que essa coletânea vai vender muitoooo.

O tracklist do álbum você pode ver aqui, conforme as edições que serão vendidos. Eu adoro todas, mas minhas preferidas são Don’t Let Me Get Me, Trouble, Stupid Girls, U + Ur Hand, So What e Sober. Sem contar que todas as inéditas são ótimas, inclusive Raise Your Glass, que já tem até clipe.

Se quiser baixar o cd, é só clicar aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...