Arquivos mensais: dezembro 2010

Os cds mais riscados de 2010

Por em |

Como virou tradição, todo final de ano faço uma listagem com os dez álbuns que mais ouvi durante o ano. E ouvi muitos, pois com essa onda dos albuns vazarem é inevitável não baixar.. sem contar que esse ano teve muita revelação e gente voltando pro cenário musical.

Lembrando que a lista está em ordem alfabética e não que indique que ouvi mais ou menos. E que essa lista é pessoal, e não corresponde a charts. 😀


Aphrodite – Kylie Minogue

Depois de um tempo sumida, Kylie Minogue chegou se achando a Aphrodite e querendo juntar os amantes de uma forma bem dançante. E deu certo! O que era pra ser um cd tranquilo, acabou por virar um digno europop daqueles. Sem esquecer de mencionar Stuart Price que mais uma vez deixou seu toque de Midas para o cd também ser um excelente trabalho.
Faixa mais ouvida: All The Lovers


Bionic – Christina Aguilera

Apesar do disco não ter recebido o feedback esperado, Bionic marcou presença em 2010 e trouxe uma Christina Aguilera super equipada e com muito electro pop. Eu achei que esse cd foi um dos melhores do ano. Leia a resenha dele.
Faixa mais ouvida: Not Myself Tonight


Body Talk Trilogia – Robyn

Foi um dos projetos mais interessantes de 2010. A cantora sueca Robyn estava sem lançar nada desde 2005, até que apareceu dizendo que iria lançar um álbum em três partes. Lançou três eps denominados Body Talk I, II e III. E a copiliação oficial com os singles e as melhores faixas dos eps chamado Body Talk. Eu adorei todos os eps e achei o trabalho incrível.
Faixa mais ouvida: Dancing On My Own


Carpe Diem – Belinda

Como fui criado na geração “novela mexicana”, meio que era obrigado a conhecer as atrizes né? Belinda foi uma das que vingou e virou cantora por um tempo e olha: lançou um cd e tanto tambem. Com uma vibe mais adulta, Beli conseguiu deixar o álbum equilibrado e um pouco *hot*. Leia o review do cd!!
Faixa mais ouvida: Egoísta


Headlines – The Saturdays

Minhas Sabadetes nunca decepcionam e apesar do flop, o ep Headlines veio com tudo e com ótimas músicas. Como no mercado musical estamos desfalcados de grupos femininos, meio que as tornei as favoritas. O mini-cd é muito bom e tem muitas músicas do estilo das Spice Girls. Claro que a ajuda de Flo Rida na divulgação foi necessária para mais pessoas a conhecerem e dizer que a girlband veio pra ficar!
Faixa mais ouvida: Higher


Humanoid – Tokio Hotel

No começo achava os Tokio Hotel muito chatinho. Dai lançaram esse cd e eu adorei o quao bem misturaram rock com electro. Eu viciei de tal forma que até comecei a simpatizar com eles. Um cd ótimo tambem com bastante originalidade. Falei do cd aqui.
Faixa mais ouvida: Dogs Unleashed


Night Work – Scissor Sisters

Já falei muito bem dele, que é um dos melhores cds de 2010 e tive até a sorte de ganhar uma cópia dele num sorteio da Babi Dewet. O Scissor Sisters pediu a ajuda de Stuart Price e o cd ficou muito lindo e super electro do jeito que a gente gosta! Fiz um review detalhado tambem.
Faixa mais ouvida: Fire With Fire


Teenage Dream – Katy Perry

Katy Perry surgiu de onde não sei cantando que tinha beijado garotas e tinha gostado. Polêmica e abusada a cantora foi colocada a prova para saber se seu segundo álbum seria sucesso ou foi só sorte de principiante. E o cd saiu e ocupou paradas e tomou meu player!! Gostei muito do trabalho da Katy e até comentei aqui. Achei que a maioria das musicas tinham que virar hits!
Faixa mais ouvida: California Gurls


The Fame Monster – Lady GaGa

Figurinha repetida né? Mas olha só, esse album nao tem defeitos e eu ouço toda vez e lembro o quao bom ele é. E alem do mais é da Lady GaGa, minha cantora atual preferida e não tem como não deixar de ouvir. Seria muita hipocrisia.
Faixa mais ouvida: Telephone


We Are Born – Sia

Adoro o pop underground e Sia se encaixa perfeitamente nele. Com uma voz totalmente diferente e um som super alternativo, essa cantora me encantou muito.Tambem falei do cd dela e pra quem não sabe, foi ela que compôs You Lost Me, da Christina Aguilera. Tem resenha aqui tb!
Faixa mais ouvida: The Fight

Essa é minha lista. Eu ouvi muito e aprovei cada um desses trabalhos. Claro que ouvi tantos outros albuns que foram lançados mais no fim do ano, e não achei que seria justo, tais como o Loud da Rihanna e o póstumo do Michael Jackson.

Enfim, quero saber qual álbum você mais ouviu!
Comente! Mantenha esse blog vivo!

Feliz Natal!

Por em |

Que este Natal seja um momento especial, que Jesus esteja presente em seu coração.
Que as palavras pronunciadas por Ele, há dois mil anos, possam encontrar lugar em seu Espírito.
Com a simplicidade, o trabalho a confiança em Deus essência dos ensinos de Jesus que o Natal ganhe um novo significado em sua vida.
Para que brilhe a Sua luz.
Para que você seja aquele que semeia a paz, que vivencia o amor universal.

Bom gente, como estou comemorando o natal com minha na chácara, deixei esse post programado para não deixar a principal data de nossas vidas passar em branco. Que todos vocês tenham um lindo natal com quem vocês gostam de estar e que comemorem muito o nascimento do nosso Jesus Cristo.

Abaixo segue um vídeo que conta a história do Natal de uma forma moderna e super criativa. O Vitor postou no twitter e eu gostei tanto que estou compartilhando com quem ainda não viu. Vale a pena!

Boas Festas!

2010 meets 1980

Por em |

Olha, eu sou suspeito pra falar dos anos 80. Como todo mundo que visita esse blog sabe, eu amo muito essa decada e quando o assunto é música, eu domino geral. Eu ouço e me sinto naquela época e tals. Sei lá, é estranho demais. Talvez as músicas causam esse efeito na gente.

Esses dias voltando do serviço pra casa, estava ouvindo a música The Time do BEP e do nada o shuffle escolheu What A Feeling, da Irene Cara (que nem sabia que estava no meu celular). Dai pensei: seria legal juntar essas duas músicas. Vim para casa e mais tarde abri o Let’s Mix Editor e fui tentar mixar as duas músicas. Na tentativa tive uma idéia: fazer uma mixtape com músicas dos anos 80 com algumas recentes.

Mas parei e pensei que talvez uma mixtape ficaria comprida demais e talvez vocês nem se interessariam em ouvir ela toda.Dai decidi deixar alguns trechos e intercalar as faixas mais tocadas desse ano (na minha opinião) com umas das minhas preferidas da década de 80. Claro que faltou muita música e talvez fui injusto com outros cantores.

Eu lhes apresento a minha primeira remixtape: um misto de mixtape com remix.
Peço que não reparem no serviço amador pois ainda sou aprendiz no programa e infelizmente não tive aula de mixagem com Jesus Luz! :'(

O setlist segue abaixo com o player para você ouvir sem baixar. Caso gostar eu faço questão que você baixe. Aproveite que é de graça!! (Para baixar é só clicar na setinha ou clicar aqui)


Espero que gostem e curtam uma de várias mixagens bem inusitadas.
Ahh, aceito sugestões!!

A volta póstuma de Michael Jackson

Por em |

Muito confuso esse título né? Foi o que senti ao ouvir o cd “novo” do rei do pop, Michael Jackson, que morreu há um ano por causa de uma overdose de medicamentos e aquela historia grande que todo tablóide contou de diversas maneiras.

O projeto de Michael sairia esse ano, mas com sua animação para voltar aos poucos falou mais alto e o cd novo foi arquivado. Após a morte do astro, a Sony decidiu lançar algumas músicas de Michael que constava em seu poder.

A polêmica do cd póstumo

Muita gente está torcendo o nariz e achando o lançamento só uma jogada de marketing. Bom, eu também. Mas eu só achei desrespeito com o MJ porque ele mesmo havia pedido pra não lançarem essas músicas pois não estavam prontas do jeito que ele queria “presentear” os fãs. Os artistas que ajudaram na finalização do álbum estavam de acordo mas a família e os amigos tiveram suspeitas se os vocais realmente pertecem ao rei do pop.

O que Michael escondia a sete chaves

O cd não é o Michael Jackson que eu tanto gostava durante a era Bad. Tudo bem que rola aquele lance que a Sony só tem direitos das músicas lançadas a partir da era Dangerous, mas queria muito os hits 80’s aqui no player. Enfim, todas as músicas lançada no “novo” álbum tem uma sonoridade incrível e bem ao estilo de Michael Jackson durante os últimos anos. O cd está voltado pro pop electro e todos os produtores envolvidos fizeram o que puderam pra deixar com uma essência MJ, mas ó, nem chegou tão longe.

O álbum começa com Hold My Hand, um dueto que já tinha sido lançado a um tempo atrás com Akon e faz a faixa ser bem equilibrada pois os instrumentos não entram em conflito. Hollywood Tonight começa com um canto meio clássico e logo MJ faz aqueles raps kinda beatbox com a boca e segue a batidinha bem Invincible, o refrão é bem chiclete. Keep Your Head Up faz com que o clima Invincible continue e a voz de Michael é colocada a prova, fazendo uma linda música, claro.

Tocada no piano e com aquele monte de vozes, (I Like) The Way You Love Me traz todo o romantismo de Mike e de quebra a vibe Thriller com uma pitada de Dangerous. Monster está longe de nos assustar, e tem a melhor batida e com momentos em que vidros se quebram e tudo aquilo que a gente gosta. Até 50 Cent entra na brincadeira e manda um rap na faixa. Best Of Joy é uma faixa mais voltada pro soul e deixa uma leveza que a gente até esquece que essas músicas tão boas que o rei do pop estavam escondendo de nós. Breaking News é uma Leave Me Alone 2.0 porém com a vibe Invincible novamente. (I Can’t Make It) Another Day começa despretenciosa e depois arrebenta com um rock com o feat. de Lenny Kravitz. Essa é uma das melhores do cd. Até chegar Behind The Mask que é ovacionada com um safoxone triste e melódico, chega então o ritmo de MJ e aí a música se desenrola. Eu acredito que essa faixa foi uma das resgatadas da era Bad (a era em que MJ andou soltando suas verdades nas letras), sem dúvidas é minha preferida. Much Too Soon começa com acordes leves e com uma vibe tão gostosa e profunda, parece um dia que nunca quer que acabe sabe?
Ok, eu fui longe demais, mas sei lá, é muito estranha essa sensação de ouvir algo de alguem que marcou a história de uma geração e não poder o ver recebendo o carinho dos fãs e tals.

Enfim, espero que os fãs aproveitem assim como eu, um trabalho não tão genuíno, mas talvez único.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...