Posts sobre Aham Cláudia, senta lá!

De onde eu blogo

Faz mais ou menos dois meses que entrei no grupo ROTAROOTS – Blogueiros de Raiz e veio ensaiando fazer uma blogagem coletiva que são propostas lá. E aí nunca faço por falta de tempo, porém o meme desse mês me animou bastante.

A idéia era criar um post mostrando o nosso lugar favorito para blogar. Ultimamente eu ando blogando apenas do meu quarto então decidi mostrar a minha mesa; que está sempre uma bagunça. Mas resolvi dar uma organizada pra vocês conhecerem o lugar que me inspira para postar aqui no blog e fazer todos meus trabalhos freelances.

De onde eu blogo

De onde eu blogo Deu pra perceber que não é muito convencional né? A começar pelo espelho que era de um criado mudo antigo mas para não guardar, resolvi deixar em cima da mesa para decorar. Depois eu tenho uma caneca azul que deixo para guardar moedinhas e algumas chaves, já que sempre esqueço aonde as coloco. Se perceber também tenho uma caneta em forma de cacto que ganhei de um amigo, que me deu com essa intenção: de enfeitar.

Também deixo um quadrinho com a foto de uma lembrancinha de luto da minha avó, alguns cds que tenho cheio de músicas, meus cartões de visita na caixinha e o cubo mágico que ganhei da Net (e não tive coragem de bagunçá-lo.

De onde eu blogo

Tenho um porta-coisas vermelho que minha irmã fez quando entrou na escola, e eu guardei e deixo todos meus pendrives lá. Alguns cadernos e agendas, uma imagem de Jesus em argila e o ARTPOP da Lady Gaga. Também deixo na mesa um quadro meu quando tinha uns seis anos e uma máquina de escrever que era de uma tia que quase foi levada pelo lixeiro. Minha mãe a resgatou e hoje ela fica aqui do meu lado. Quando eu tinha meus dez anos, eu tinha uma máquina de escrever enorme e ela era demais. Escrevia muito nela e na época ela estragou e meu pai a vendeu.

Bom, esse é o meu cantinho. É simples, mas tá valendo. Eu gosto muito de ficar aqui e me sinto bem com a minha parede verde limão. O que acharam?? Espero que tenham gostado.
Abraço!



Desde sempre fui fascinado por tatuagens. Mas admito que venho em uma luta constante comigo mesmo tentando criar coragem para ir e fazer uma, pois já botei na minha lista de metas de 2014 é fazer uma tatuagem. Nem que seja pequena.E claro que eu já tenho um desenho em mente, mas eu como sou muito egoísta não vou contar! Até porque eu procurei na internet e ninguem teve essa idéia ainda. Aguardem!

E motivado pelo mundo dos rabiscos, separei algumas que eu teria coragem de fazer. Ignorando a dor que é eu ainda quero ter e espero riscar (literalmente) esse desejo da minha listinha.





E você? Tem tattoo ou tem vontade de ter?? Vamos comentar sobre!



Adeus 2013.
Seja bem vindo 2014…
Espero que sejamos bons amigos!



A cada dia que passa fico mais convicto que 2012 é o ano do fim do mundo. As notícias não param de chegar e todas elas vem com uma nova surpresa que só me deixa mais aflito e com receio do que pode acontecer ao decorrer do ano.

Talvez não devia preocupar tanto, até porque esses acontecimentos já fazem parte da nossa vida, mas de um tempo pra cá, tudo está soando muito complicado. O que me fez chegar a essa conlusão? SOPA e PIPA.

Engraçado como duas palavras que para nós brasileiros soam tão familiares e que fizeram parte de nossa infância (eu pelo menos evito comer sopa ultimamente) podem nos causar tanto pânico e tristeza. Sim, se você está vendo essas siglas circularem por aí e ainda não entendeu o que elas significam, é bem simples:

SOPA. » Stop Online Piracy Act – visa acabar com a pirataria na internet, proibindo a distribuição de filmes, músicas e todo tipo de mídia em que o governo pode ganhar um imposto com a venda.

PIPA. » Protect IP Act – ato para proteção da propriedade intelectual, que soa do mesmo modo que a SOPA, porém é destinada aos autores.

O congresso americano está discutindo essas leis que irá a votação em breve, mas elas estão sem forças, já que a nação da internet está toda unida e prestes a enfrentar qualquer um.

Não é a toa que o governo vem perdendo muito de sua economia, já que nem todo mundo faz questão de comprar o produto físico, quando se na sua comodidade já tem o mesmo na rede. Soa muito melhor e mais útil, pois se o consumidor não gosta, vê que o dinheiro não foi um investimento perdido, e no mais, pode deletar e seguir em frente. Se gostar, há chances de adquirir o produto. Eu pelo menos faço isso. Baixo um álbum, se for ruim eu deleto. Se for bom faço questão de comprar. Mas as poderosas emissoras de tv, gravadoras e editoras de livros não gostam desse test drive e querem seus direitos. As mais xiitas são Disney, Universal, Paramount, Sony e Warner Bros.

Porém os grandes sites como Google, Youtube, Facebook, Wikipédia, WordPress e etc, estão com os dias contados se tal lei for aprovada, já que seu conteudo muitas vezes são informações que apoiam a pirataria. A ação já está começando a assustar as grandes mentes por trás dos sites, uma vez que o maior site de downloads, Megaupload, saiu do ar e teve seu fundador e funcionários detidos e setenciados a anos de cadeia.

Se engana quem acha que essa lei não afetaria nós, pobres brasileiros… mas sim, se essa lei entrar em vigor, podemos dizer tchau a todos os sites que não vivemos sem, já que apesar de ter uma versão brasileira, a base continua sendo americana. E com as bases sendo monitoradas, esse blog também deixará de existir, pois o WordPress é uma dessas potências que querem extinguir.

Já deixo a dica para vocês: procurem seus discmans, cadernos de perguntas e respostas, limpe aquela máquina de escrever, e se preparem para saber de todas as notícias assistindo a tv aberta. ESSE É O PROGRESSO??

Fonte: G1



A mamãe do pop está de volta, e odeia encontrar a casa toda bagunçada!!

Sim, acaba de vazar a demo do novo single da Madonna, chamado Give Me All Your Love. A música foi produzida pelo dj francês Martin Solveig, que virou um dos queridinhos da rainha do pop nesse meio tempo.
Ouça a demo abaixo:



Baixe aqui

A música é bem animada e jovem. Tem todos os traços das produções do Martin com uma pitada retrô que só Madonna sabe dar. Achei uma delícia de ouvir e já imagino essas batidas no rádio e tocando durante um dia ensolarado. O refrão é chiclete e gruda mesmo na cabeça já que a letra é bem fraquinha. E dá até pra ser comparada a Beat Of My Drum que tanto marcou com o L.O.V.E. né?

Há rumores por aí que M.I.A e Nicki Minaj estarão na versão finalizada da música. Eu adoro as duas, mas acho que assim a musica está perfeita; irretocável. Não consigo imaginar um rap freak no meio disso tudo.

Bom, agora é só ir curtindo essa demo até chegar em fevereiro e Madonna lançar essa música oficialmente. Ou talvez vaze antes né?? (yn)

Every record sounds the same… you’ve got to step into my world



Os britfãs tem um motivo a mais para adorar Joe Jonas. Seu primeiro álbum solo, Fastlife, é a versão masculina do Blackout, álbum mais expressivo de miss Spears.

A peça que liga esses dois álbuns é o produtor Danja, que tem uma pegada electro e r&b em suas produções. Impossível não se render ao hit esmagador Gimme More, que deixou Britney nas paradas e gerando muita polêmica. Claude Kelly que é responsável pelos hits de Rihanna e Beyoncé, também deu seu toque de midas e nem preciso dizer que o resultado foi sensacional né?

Ainda é muito cedo para definir a Gimme More de Joe, mas já podemos favoritar as melhores que são (até agora) All This Time, Just In Love, Love Slayer, Make You Mine, Kleptomaniac… enfim, o álbum todo!!!

Fastlife está numa sintonia incrível e só podemos concluir que aquela imagem DISNEY de Joe não existe mais. Assim como Demi Lovato, é um novo tempo, uma nova tendência. Cada um em seu caminho e defendendo seus ideais.

Não é por nada não, mas Joe Jonas não está sendo comparado a Justin Timberlake a toa.. Aonde há fumaça… há fogo!

Ouçam o álbum e tirem suas conclusões. Se eu fosse você não perdia tempo, até porque eu também fiquei com um preconceito e me surpreendi!

Fica dica do Vitor Martins



Beyonce

Como o blog estava em contagem regressiva, não pude comentar sobre a inesperada gravidez da Beyoncé. No VMA todos os holofotes se viraram para a “queen B” que no fim de sua apresentação da música “Love On Top” confirmou o que era até então um boato.

Quando a Beyoncé lançou o “4″, todo mundo torceu o nariz e disseram que o álbum era morto, chato e não tinha nenhum hit dançante e esmagador, como Crazy In Love ou Single Ladies.
Eu continuo com minha opinião, e admirando muito esse álbum que é uma mistura do passado e presente do R&B. Mas agora com essa gravidez de supetão, tudo faz sentido: ela quer moleza!

Claro, quem sou eu pra exigir que Bey fique pulando pra cima e pra baixo arriscando sua gravidez só pra satisfazer os fãs? Creio que agora ela vai descansar sem perder seu brilho de diva. Pois é, lançando as faixas mais tranquilas como single, Beyoncé vai poder ficar bem sossegada e fazendo lindas performances como todas as outras que já fez. Só fico triste pelo fato de nossas esperanças por End Of Time ser lançado como single irem para o brejo.

Bom, o jeito é ficar feliz por ela e pelo Jay-Z. Vamos esperar novidades…



Dou como DESAPARECIDA, a menina Willow Smith que andou batendo muito cabelo ano passado e sumiu do nada e não deu sinal de vida. Cadê o cd, os singles novos que estavam sendo preparados e tudo aquilo que estavamos ansiosos para poder ouvir???? Eu não coloquei essa menina no meu top revelações de 2011 a toa… faça o favor né?

Bom, se alguem tiver alguma noticia sobre o sumiço repentino de Willow, favor nos avisar. Ou talvez ela só esteja de recuperação né? hahahaha

Enquanto essa danadinha não compartilha suas musicas novas, vamos ouvindo as “velhas” porém sempre ótimas Whip My Hair e 21st Century Girl.



14.07.11 // Comments Off

Olha só, eu queria muito estar postando mais vezes aqui no FP, mas o tempo não está deixando. ONDE ESTÁ PEDRO? Pois é….

Acordo cedo e vou trabalhar. O almoço é aquela correria de sempre. Volto ao trabalho.
A noite, estou fazendo aula de direção, pois se não tirar essa carteira de habilitação, é capaz de acabar desistindo.

Os finais de semana passam voando literalmente e quando vejo, estou na rotina nossa de cada dia.

Sei que prometi postar de dois em dois dias, postar alguns reviews e por aí vai. Mas é que está muito dificil MESMO.

Espero que entendam meu sufoco e vão se divertindo com as postagens antigas. Tem muita coisa boa, principalmente na seção “VALE A PENA LER DE NOVO” ali no sidebar (lateral) que é atualizada automaticamente todo santo dia.

Ou se preferir, me siga pelo twitter, porque lá eu twitto toda hora. Até porque twittar já virou um vicio.

Abraços.



Pra quem já acompanha o FP, sabe bem que sou fã da Wanessa, desde quando ela era Camargo. Desde que ela lançou Worth It e Stuck On Repeat, eu espero mais e mais desse novo trabalho, que segundo ela, vai ser voltado para as pistas de dança e totalmente em inglês.

Wanessa sempre foi apegada ao dance music e sempre que podia, cantava em inglês em seus cds. A maioria de suas músicas na verdade são versões feitas por ela e seus produtores.

Hoje a tarde, a Sony Music liberou um preview da nova música de trabalho, Sticky Dough. Ouça abaixo:

Do pouco que dá para ouvir, percebe-se que a música tem um q de diferente. Com um batidão que lembra um funk, Wanessa continua atirando pra tudo que é lado. Mas é por uma boa causa, até porque quer agradar os fãs com novas sonoridades para o novo álbum que será lançado mês que vem. assim esperamos

Agora que tá: essa música nem foi lançada na íntegra e já tem gente a acusando de plágio. Os fãs de Carine Dahl viram “Sticky Dough” virar trending topic mundial e logo soltaram a bomba pra cima da Sony Music. Ouça a suposta música:

Em defesa, Mister Jam, produtor da música, disse em seu twitter que a música é uma demo. Mas se for demo ou uma versão, nem vejo problemas, já que Wanessa já fez isso com tantas outras músicas, incluindo Worth It.

Bom, agora nos resta esperar a música sair por completa, para ter a certeza que Wanessa está encontrando a luz no fim do túnel. :D

Related Posts with Thumbnails





FrutoProibido.Org é uma criação de Pedruh Henrique. CC | Spam Poison
Caso haja algo que você não concorde, pertence a você ou quer dar uma sugestão, entre em contato.