Desflopando

Britney está de volta com Work Bitch!

Por em |

Work Bitch

Quando Britney Spears trocou o layout de seu site e colocou uma contagem regressiva para “algo”, todos ficaram ouriçados em saber o que a Princesinha do Pop estava aprontando. Aos poucos foi revelado um novo single, Work Bitch, que seria lançado ainda em setembro. Muitos rumores e informações popularam a internet desde então, até que num belo domingo a música foi postada na internet, causando certo espanto.

Work Bitch
é uma música diferente dos padrões Britney que estamos acostumados. Com uma batida dance e eletrônica a música nada mais é que uma dica de Spears a suas “inimigas” dizendo que se você quer ter um corpão para usar biquinis, andar de Lamborghini ou Bugatti e tomar Martinis, nada mais justo que você trabalhar para conseguir.

Musicalmente, eu sinto muita falta da Britney de Overprotected e Toxic, mas essa música me lembra um pouco a era Femme Fatale sem dubstep. O jeito é esperar que esse álbum seja bom e inovador. O pop precisa de algo novo, mesmo que seja vindo dela. Como Will.I.Am é um dos compositores da música e um dos responsáveis pelo 8º álbum, duvido que ele não vai querer colocar seus vocais em alguma música do cd de Britney. Só de Work Bitch não ter o feat dele e não parecer uma Scream & Shout 2.0 já foi uma grande vitória.

Bom, se você esteve fora do mundo esses dias e não ouviu a música, aproveite e dê play no video e assista o clipe que também vou dar meu pitaco abaixo.

O clipe ficou a cargo de Ben Mor, que também dirigiu “Scream & Shout” e eu achei LINDO. De verdade, a fotografia está impecavel e Britney está deslumbrante. Claro que nem tudo que reluz é Britney e tem algumas coisinhas que chamou minha atenção. Só de ver a Britoca dançando sem precisar de dublê já é um avanço. A coreo não é tão sexy e de tirar o folego como as antigas mas dá pro gasto. Ela está bem feliz e bem relaxada, visivelmente que não estava desconfortável como sempre. Mas tirando esses detalhes o clipe soa melhor que todos os da era FF e deixa com gostinho de quero mais.

Agora é só esperar para ver o que vem a seguir, pois se tratando de Britney Spears não podemos esperar tanto assim, até porque trabalhar de fato nem é a prioridade dela. rs


ESPETÁCULONEY

Excuse Jessie, but I really love you!

Por em |

Jessie J

Jessie J deixou aquele pop chiclete que ela fez em seu debut e saiu de sua zona de conforto para lançar seus novos trabalhos. Raspou a cabeça e assumiu um som pra lá de diferente dos padrões dela e acertou em cheio com o banger Wild. A música fez muito barulho e rendeu uma boa colocação nos charts. Mas aí, os produtores a fizeram lançar a grudentinha e comum It’s My Party. Jessie viu o quanto dói um trabalho ser ignorado, e dá a pensar que essa música foi reaproveitada do Who You Are e lembra muito a sonoridade da Pink. Essa música amargurou nos charts e perdeu popularidade em meio a tantas músicas aleatórias de Jessie vazando na internet (e diga-se de passagem, muito melhores que It’s My Party).

Mas como dizem, só perde o ônibus quem dorme no ponto; não demorou muito e um lyric vídeo de outra música, estilo Wild aparece na net. E vocês vão poder desfrutar dessa maravilha agora! Já! Dê o play abaixo:

APPLAUSES para Jessie J! Muitos APPLAUSES! – depois vou comentar sobre o ARTPOP e APPLAUSE –
Música perfeita e com um batidão excelente no estilo nigga e que só veriamos nas músicas com rappers. Mas ousadia é o nome do meio de Jessie e ela deixou que o hitmaker Dr. Luke fosse o responsável por essa maravilha, que ainda tem o feat da Becky G (há quem diga que era para ser Nicki Minaj). A letra é curta e a melhor parte dela é quando a música perde o batidão e se desenvolve numa vibe tranquila inspirada no R&B dos anos 90. E amo essas brincadeiras que ela faz com a voz e que já é marca registrada dela. Perfeito! É para ouvir, ouvir, ouvir e ouvir… Vamos torcer para virar single e bombar muito!!

O novo álbum de Jessie não tem nome e nem data de lançamento definidos. Se ela for esperta, vai deixar essa onda de Lady Gaga e Katy Perry passar. Mas creio que ela se garante, mas não é bom arriscar.


– Excuse my rude, but I’ll really… flop you!

Cher’s World

Por em |

Deserto

Enquanto o Brasil vive um novo marco em sua história, cheio de protestos e manifestações, a deusa Cher aparece e lança seu novo single, Woman’s World. O jeito agora é ir para as ruas protestar e dançar ouvindo essa obra de arte em forma de música! Cher voltou e quer colocar muita “artistazinha” de volta no lugar e mostrar mais do nunca que o mundo não é da mulher, e sim da CHER.

Enquanto não sai o clipe, vamos curtindo o lyric video cheio de fotos das amigas da Cher quando novinhas. hahahaha

Eu estava me preparando para voltar, mas Holy Cher me fez postar isso. Brincadeira.
A música é boa demais e bem farofinha do jeito que a gente gosta… não podia deixar passar em branco né?

KD MENINA WILLOW????

Por em |

Dou como DESAPARECIDA, a menina Willow Smith que andou batendo muito cabelo ano passado e sumiu do nada e não deu sinal de vida. Cadê o cd, os singles novos que estavam sendo preparados e tudo aquilo que estavamos ansiosos para poder ouvir???? Eu não coloquei essa menina no meu top revelações de 2011 a toa… faça o favor né?

Bom, se alguem tiver alguma noticia sobre o sumiço repentino de Willow, favor nos avisar. Ou talvez ela só esteja de recuperação né? hahahaha

Enquanto essa danadinha não compartilha suas musicas novas, vamos ouvindo as “velhas” porém sempre ótimas Whip My Hair e 21st Century Girl.

Beyoncé desflopando

Por em |

Bom, primeiro quero dizer que Beyoncé jamais foi motivo de flop alheio, mas desde que ela deixou a Sasha Fierce ir embora, meio que nada que ela lançava estava superando as expectativas dos sucessos anteriores.

Logo de cara, pra escancarar o comeback, Bey se jogou no batidão do Major Lazer e fez uma versão pra lá de feminista e envolvente de Pon de Floor. “Run This World (Girls)” chegou marcando território, mas quem não estava esperando um batuque desses acabou estranhando o som e o rejeitou com todas as forças. No começo eu achei nada a ver, mas depois fui me acostumando. Quando saiu o clipe então, gostei mais ainda. Veja:

Extasiada pelo batidao on fire, Queen B resolveu jogar “1 + 1” na roda e ver se dava conta de dominar o mundo com uma baladinha como sempre. Para o delírio dos fãs, a faixa é melosa e totalmente emocional. O instrumental é só um detalhe perto da voz poderosa de Beyoncé. O som soa como um R&B puro… das antigas. Ouça abaixo a faixa:

Não satisfeita com essa música de cortar os pulsos, Beyoncé ainda lançou essa semana o single “Best Thing I Never Had” que atingiu todos os corações despedaçados, pois é esse tipo de música que caracteriza a Beyoncé romântica (pelo menos na minha opinião). Cantando sobre uma desilusão amorosa, ela diz que esse seu amor era a melhor coisa que ela nunca teve. Uma linda balada, ouça:

Agora sim Beyoncé conseguiu mostrar ao mundo quem manda nessa porr*. Em breve o novo cd, intitulado “4”, chegará ao nosso poder aí sim vamos ver o que nossa artista do milênio nos preparou. Talvez uma série de hits (yn).

Abaixo, a capa e o tracklist do quarto álbum:

1.1+1
2. I Care
3. I Miss You
4. Best Thing I Never Had
5. Party (feat. Andre 3000)
6. Rather Die Young
7. Start Over
8. Love On Top
9. Countdown
10. End Of Time
11. I Was Here
12. Run The World (Girls)

Vamos aguardar pelo melhor, como sempre.
GO BEY!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...