Design

Novo layout e novas direções

Por em |

O fim de 2014 foi ótimo para ideias. Pensei muito se continuaria com o blog ou não, até porque queria estar sempre postando sempre, porém não tenho mais aquele tempo que dedicava ao conteúdo online. Como vocês perceberam, o FP conta com colaboradores empenhados e com opiniões que são bem idênticas a minha. Decidi deixar bem claro aqui que o blog não é portal de notícias e que vamos postar tudo que gostamos e não ligar se algo é muito novo ou muito antigo. Se for bom e valer a pena (ou não) iremos postar!

Com o recomeço, veio também a questão de layout. O antigo era funcional e com cores que viraram nossa característica, porém estava na hora de abandonar o antigo estilo de diagramação e o atualizar para que todos conseguissem ler em seus smartphones e dispositivos onde quer que estivessem. A vontade de um novo layout era muita, porém estive em um momento de total branco e bloqueio criativo. Com esse fato, busquei referências e até cotei alguns preços com amigos webdesigners.

Mas a minha realidade financeira não me deixou sair muito do meu rumo. No meio do desespero em criar algo, descobri o Themify que é um gerenciador de layouts e que dá pra comprar temas ou personalizar os que eles dispõe. Por enquanto estou no básico e pelo que vi muitos blogueiros o usam e aprovam muito. Eu gostei da experiência e recomendo a todos, que assim como eu não tem mais tempo de estar programando um layout do zero. É prático e muito ágil na personalização. Os designers piram.

O design pode parecer simples, mas eu adorei como ficou. O logo foi inspirado na tendência floral e da tipografia flat com um toque minimalista. A maioria das pessoas usam flores e adornos, mas o Fruto Proibido é uma maçã, nada melhor que decorar com o nosso fruto, não é verdade? Eu gostei muito e por enquanto ficará assim mesmo. Agradeço ao apoio da minha amiga de longa data Ana Flávia por me ajudar em alguns códigos do mal, ao Mateus Pitombeira pela motivação, Bruna Vieira, Paula Buzzo, Phellipe e Karen Hofstetter pelas inspirações em geral, aos meus amigos colaboradores Andrei, Carlos e Gabriel, e a todos vocês que me ajudam diretamente ou indiretamente.

Espero que tenham gostado das mudanças e leiam bastante nosso conteúdo em 2015.
Algumas coisas ainda vão estar fora de lugar, até porque estamos ajeitando tudo.

Grande abraço e bom carnaval!

Pedro

Disse me disse…

Por em |

Avaliação independente de produtos
é decisiva na hora da compra online

As ferramentas podem ser as mais modernas possíveis. Ipads, laptops de última geração, buscadores capazes de oferecer ao consumidor online exatamente o produto que se procura baseado nos cliques mais recentes, múltiplas formas de pagamento. Porém, na hora de bater o martelo e passar no caixa para fechar a compra no comércio eletrônico, o que realmente define a tomada da decisão é a boa e velha propaganda boca a boca.
É o que revela a pesquisa “Psicologia do Consumidor & E-Commerce Checkout – as estatísticas e hábitos atrás de cada clique do consumidor”, focada especificamente no comportamento do comprador na hora de fechar o negócio com as empresas que têm seus sites disponíveis na rede. De acordo com esse levantamento, muito mais importante que oferecer um cupom de desconto, por exemplo, é apresentar a ele o review (avaliação) independente dos produtos.

Avaliações funcionam como
propaganda boca a boca

O consumidor quer saber a avaliação que as pessoas que compraram aqueles itens fazem do negócio que realizaram. Através do review, elas dizem a quem está prestes a concluir a mesma transação se estão satisfeitas com o produto que compraram e aconselham seu “companheiro de compras”, mesmo que não façam a menor ideia de quem ele seja, a adquirir ou não aquela mercadoria.
É por isso que muitas cadeias de loja enviam a seus clientes um e-mail perguntando se estão satisfeitos com o produto que adquiriram e pedem que seja feita uma avaliação. Isso pode ajudá-las a convencer mais pessoas a comprar aquele item.

Clientes leem em média 6 avaliações
antes da compra

De acordo com a pesquisa, 85% dos consumidores leem os reviews antes de fechar o negócio. Entre o universo dos leitores das avaliações, 79% afirmam confiar no que ali está escrito como se fosse uma recomendação pessoal, mesmo que não conheçam nada sobre a pessoa que escreveu o comentário.
O volume das avaliações é importante para a loja online. Em média, cada usuário lê seis reviews antes de confiar no produto e na empresa que vende ou produz o item antes de tomar a decisão de comprá-lo. Uma loja que não apresenta comentários sobre os bens que disponibiliza tem chances menores de concluir uma venda que outra que proporciona aos clientes um local onde os usuários falam sobre a mercadoria oferecida, mesmo que alguns comentários possam não ser totalmente positivos.

Infográfico
Infográfico
Infográfico
Infográfico
Infográfico

Fonte: vouchercloudbr.com.br

Encartes digitais personalizados

Por em |

Hoje em dia com a popularização das compras online, ter o cd do seu cantor preferido não é necessáriamente te-lo em mãos para poder ouvir. Com o auxílio de alguns programas você pode estar fazendo o download legalmente do conteúdo e de quebra, ser presenteado com o encarte digital, que nada é um arquivo em .pdf, que é uma cópia do conteúdo impresso e acompanha os cds físicos. A única diferença é que você poderá te-lo para todo sempre em seu computador, já que o encarte original pode rasgar ou danificar com o tempo. O mesmo ressalvo para as músicas, mas que só vai durar para sempre se você for esperto e tiver um backup de todos seus arquivos, porque ninguem está invunerável a vírus e ameaças da internet.

No post de hoje, vou deixar a dica… meu amigo Gabriel que vem fazendo um trabalho bem bacana com suas versões para os encartes digitais. Ele pega o mesmo conceito do original e do jeito dele faz um encarte novo e personalizado.
Deem uma olhada nos últimos encartes que ele fez e baixe o seu preferido. :D

Lady GaGa – Born This Way The Remix (Digital Booklet)
Chris Brown – Crawl (Single Digital Booklet)
Christina Aguilera – Stripped Live in the U.K. (Digital Booklet)
Kelly Clarkson – The Smoakstack Sessions (Digital Booklet)
Natalia Kills – The Dossier (Digital Booklet)
Rihanna – We Found Love (Single Digital Booklet)
Rihanna – Rated R (Lyrics Book)
Nicola Roberts – Cinderella’s Eyes (Digital Booklet)
Katy Perry – Circle the Drain (Single Digital Booklet)
Rihanna – Good Girl Gone Bad Reloaded (Digital Booklet)

“Comecei a fazer esse tipo de trabalho pq sempre amei encartes e sempre curti fazer capas de albuns” diz Gabriel, que é Designer Fotográfico.

Quem tiver interesse e quiser saber mais sobre o trabalho do Gabriel, ou até contatar para algum trabalho, mande um email para the.bway@gmail.com.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Você também faz algum trabalho diferente e gostaria que mais pessoas conheçam??
Envie para oi@frutoproibido.org que eu divulgo aqui no blog. :idea:

Minimal is the word

Por em |

Sim, o FrutoProibido.Org está de cara nova!

Minha inspiração dessa vez foi o minimalismo. Fico muito feliz em saber que todos vocês gostaram do layout anterior, mas acontece que aquele design contava muito sobre o Pedro de 2011. A mensagem que passei foi boa e bem positiva, mas por outro lado eu tinha cansado daquele layout cheio de referências e com muitos sentimentos por meio de “mensagens subliminares” rs.

Em 2012 resolvi dar uma cara mais limpa e básica ao blog, assim como estou ultimamente. Acho que ambos devemos representar uma imagem só, logo tudo a partir de hoje aqui no blog será bem clean e nada que canse ou faça você perder horas confabulando sobre o layout.

Bem básico: visual clean e atenção total para as postagens!!

Espero que tenham gostado da nova fase minimal do blog e peço para que opinem sobre o que acharam.
Até mais.

Solução: Erro 24 do Corel Draw X4

Por em |

Dia 01 de Junho quase morri quando o meu coleguinha Corel Draw, deu aloka e exclamava um tal erro 24, que provavelmente seria um bug em algumas cópias. Fiz de tudo e googlei até achar uma solução remediada: bastava atrasar o relógio do sistema pro dia anterior, abrir o programa e depois volta a data normal. Deu certo. Mas precisavamos de uma solução mais eficaz, já que trabalho a maior parte do dia usando o Corel.

Eis que um amigo nos mandou um e-mail com uma solução ótima e facinha de aplicar. E eu, como sou muito do bonzinho, vou postar e ajudar todos vocês também. ;-)

Primeiro de tudo você deve deixar o Corel fechado. Você também deve baixar o arquivo DR14, clicando aqui. O dezipe e deixe em uma pasta de fácil acesso.

Logo você irá ir em Meu computador. Ir em Ferramentas » Opção de Pasta…. Depois na aba Modo de Exibição deixe a opção “Mostrar pastas e arquivos ocultos” marcada. Aplique e dê OK.

Agora é só ir em seu disco rígido, procurar a pasta Documents and Settings » All Users » Application Data (ou Dados do Aplicativo) » Corel » Corel Draw

Dentro dessa pasta, substitua o arquivo DR14.dta pelo baixado anteriormente.

Pronto. Abra seu Corel e veja se está funcionando. Se sim, pule de alegria aí, e se possivel divulgue esse post para que mais pessoas saibam e possam usar a solução. :?:

Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...