No iPod

Lista: 10 álbuns de 2013

Por em |

Como é tradição da blogosfera, estou aqui para postar sobre os 10 álbuns que mais ouvi e com uma opinião do que achei do álbum. 2013 veio com uma safra pop muito boa e eu claro elegi os meus de acordo com o tanto que me agradou por completo. Seguem eles:

10º THE ELECTRIC LADY
Janelle Monaé

Janelle Monaé veio com álbum eletrizante e bem forte nas parcerias, incluindo Prince, Erykah Badu e Miguel. Acrescentou uma batida eletrônica a pegada soul e “The Electric Lady” me ganhou e ouvi bastante. Destaque para as introduções em forma de estações de rádios antigas.
Eu amo: Q.U.E.E.N., Givin’ Em What They Love e Dance Apocalyptic
Música delicinha: Primetime

9º AVRIL LAVIGNE
Avril Lavigne

Avril é aquela atitude rock ‘n’ roll sonorizada em pop. O álbum homônimo traz músicas bem comuns e nem os clipes conseguiram salvar essa era. As músicas são boas, eu gosto da maioria delas porém eu enjoei fácil. Mas vale a ouvida.
Eu amo: Rock n Roll, Hello Kitty, 17 e Heres To Never Growing Up
Música delicinha: Let Me Go

8º BRITNEY JEAN
Britney Spears

Britney quis inovar e gravar um álbum biográfico e mais íntimo. Chamou Will.I.Am e deixou com que ele comandasse a produção. O primeiro single causou furor mas foi só isso. Sem divulgação nenhuma, o álbum está amargando nos charts. A qualidade é impecável e as músicas foram bem produzidas, mas parece que a Britney não quer workar de jeito nenhum. Aposentadaney.
Eu amo: Work Bitch, Alien, Passenger e Body Ache
Música delicinha: Perfume

7º PURE HEROINE
Lorde

Ela nem bem chegou e já está causando! Desde que “estorou” no meio underground com a sua Royals, Lorde vem crescendo e tomando um espaçinho nessa escada musical. Seu álbum de estréia é ótimo e tem uma qualidade bem parecida com o single de estréia. Mas a gata está fissurada em aparecer, e não poupa “elogios” a outras cantoras da atualidade. Mas se tratando de música, Pure Heroine é viciante e vai fazer você querer mais e mais dessa mocinha.
Eu amo: Royals, Team e Tennis Court
Música delicinha: A World Alone

6º BANGERZ
Miley Cyrus
Se eu pudesse descrever 2013 em uma cantora, com certeza eu iria dizer Miley Lingua Cyrus. A ex-Hannah Montana veio abusada e com uma atitude bem safada para lançar seu novo álbum. Com uma sonoridade mais puxada para o RnB, Miley conquistou todos e fizeram a engolir a força. Até porque se você não gostou, creio que vai ficar pior! hahahaha Eu esperei algo mais pop, e achei que o álbum ficou saturado com tanta música parecida. Mas mesmo assim foi um arraso. Ponto pra Miley!
Eu amo: Wrecking Ball, We Can’t Stop e Adore You
Música delicinha: Do My Thang

5º TROUBLE
Natalia Kills
Natalia Kills também foi outra que quis levar sua vida para o showbiz e lançou o seu Trouble todo carregado no drama familiar. As músicas tem letras pesadas e sinceras, mas a produção fez tudo soar mais degustável. Se você se deixar levar pela batida, mal percebe que a música em si é triste. Mas Natalia foi feliz em optar por esse caminho, pois conseguiu várias críticas positivas e um feedback mais coerente.
Eu amo: Saturday Night, Daddys Girl e Problem
Música delicinha: Outta Time

4º ALIVE
Jessie J
Esbanjando simpatia, Jessie J conquistou muitos brasileiros que a não conhecia no Rock In Rio desse ano. Eu acompanho a moça desde quando ela tava colhendo os louros de “Do It Like a Dude” e “Price Tag”, mas o sucesso na terra da rainha não bastou e Jessie quis ampliar seu som. E Alive é um álbum refrescante e com várias músicas que vão do dance ao rnb.
A mulher raspou a cabeça para uma campanha e ficou mais poderosa. Parece até que nasceu outra Jessie J e com uma inspiração quente. Ouvi muito!!
Eu amo: Daydreamin’, Wild, Square One e Unite
Música delicinha: Thunder

3º MUSIC TO MAKE BOYS CRY
Diana Vickers
Só de ver o rostinho sereno de Diana eu já fico nas nuvens. Fofa, Vicko demorou um tempo para lançar um cd novo, porém veio com um álbum bem a cara dela: LINDO! Eu sei que sou fanzoca e tudo que ela faz eu amo. Mas as músicas são 100% pop britânicas e ela não se rendeu as modinhas dos produtores da atualidade. Se as músicas não tivesse sido vazadas aos poucos e ter demorado tanto pra sair, estaria no topo.
Eu amo: Cinderella, Boy In Paris, Mad At Me e Music To Make Boys Cry
Música delicinha: Lightning Strikes

2º ARTPOP
Lady Gaga
“My artpop could be anything”. Lady Gaga prometeu como sempre. Entregou 50% meio sem fé mas mesmo assim agradou muito a todos nós. E claro, eu sou fã e tudo que saía eu ouvia e amava. Quando o álbum saiu ouvi durante horas e ainda ouço, porém as músicas foram vazando e foi perdendo aquela novidade toda. Mas ARTPOP foi sim um dos melhores do ano. Lady Gaga continua sendo a melhor em tudo. Desculpem haters.
Eu amo: G.U.Y., Venus, Donatella, Fashion, Sexx Dreams, Gypsy, Applause, Do Want U Want, Manicure, Swine, Dope, Mary Jane Holland, Aura…
Música delicinha: Gypsy

1º PRISM
Katy Perry
E o samba mesmo ficou por conta da Katy, que apesar de prometer um album dark e meio rebelde, veio com um Teenage Dream 2.0, mas também cheio de hits. Eu não botava muita fé, mas depois que saiu o preview do álbum, eu comecei a esperar mais desse álbum. Prism virou meu vício! A cada dia que ouço escolho uma música favorita. E é o primeiro álbum que ouço sem pular nenhuma faixa. E claro, vou esperar que a Katy lance todas como single e lance aqueles vídeos impecáveis que só ela sabe fazer!
Eu amo: Roar, Legendary Lovers, Dark Horse, Ghost, Unconditionally, Birthday, Walking On Air, This is How We Do, International Smile, Spriritual, Love Me e This Moment
Música delicinha: Double Rainbow


DESTAQUE: BEYONCÉ
Beyoncé
E essa mulher que do nada lança álbum, lança trocentos vídeos e conquista o #1 lugar em vários países da noite pro dia? Eu não me conformei quando acordei e encontrei esse mundo de coisa dela. E como Beyoncé é sinônimo de rainha da música, ela não deixou esse título para trás. Das 14 músicas, amei as 15, pois inclui a demo de Grown Woman. rs E tipo, estou viciado em Pretty Hurts e já imagino essa música tocando por aí logo logo. O album chegou nos últimos segundos do segundo tempo e ainda marcou um golaço! Isso aí Queen B! Obrigado por existir!!

E bom, não podia deixar de mencionar os comebacks incríveis de Justin Timberlake, Sara Bareilles e Cher, o álbum das The Saturdays para tentar a carreira internacional, o segundo (e frustrante) álbum das Little Mix e os pop teen de Demi Lovato e Selena Gomez.

2013 rendeu né?
E para você?? Qual são os melhores deste ano??

No iPod: Janet Devlin – Wonderful

Por em |

Janet Devlin

Sabe aquela música que você ouve pela primeira vez e já morre de amores? E pra piorar a situação, você não consegue a tirar do repeat? Então, estou vivendo isso com Wonderful, da fofa Janet Devlin.

PS: Antes de clicar no play, já aviso que há 50% de você gostar, 45% de viciar e 5% de não ouvir.
Espero que você seja um desses 95%.

Para quem não sabe, Janet Devlin foi uma das participantes da 8ª edição do X Factor em 2011. Não ganhou a competição, mas foi longe, ficando em quinto lugar. Seu timbre doce e angelical conquistou o país da Rainha e todos ficavam morrendo de fofura. Quando ela estava no ar, nunca dei muita atenção, pois torcia muito pelo <3 Little Mix <3 e acompanhava Amelia Lily e Misha B.

Há pouco tempo, Janet lançou seu álbum de estreia e eu gostei muito! Hide and Seek é um álbum tranquilo e gostoso de ouvir. Um pop rockzinho bem leve, que você fica até sonhando acordado. Mas no momento só tenho ouvidos para a faixa que ganhou esse post.

Move, o novo single do Little Mix

Por em |

Little Mix

Antes de tudo, relaxe onde você esteja, aumente o som e dê play no player abaixo:

Se trata do novo single do Little Mix, que dispensa apresentações, pois essas meninas fizeram um grande estrago na música britânica ano passado. Decididas a colher os louros da fama, as meninas já estão quase finalizando seu segundo álbum, chamado “Salute” e que promete um som diferente e mais maduro que o seu debut “DNA”.

Prova disso é Move, o primeiro single da nova safra e que é bem diferente e novo para elas, mas eu fico com a sensação que essa sonoridade é o magnus opus de Pharrel Williams, e espero que ele tenha alguma participação nessa música pois não encontrei nada na internet falando do produtor da faixa (apenas especulações, nada confirmado). Mas Move é ótima, vem com um frescor para o pop britânico, que desde Girls Aloud não há novidade em girlgroups.

A música é bem animada e a cada momento há uma direção. Tem de tudo, desde a barulhos com a boca, batidas altas e baixas, guitarras, vozes masculinas e até uns daqueles instrumentos que lembra a lira. Não dá pra saber como a música vai acabar, pois não segue um estilo e isso a torna diferente de fato. As meninas mandam muito bem e cada um tem seu pedaçinho, que cada um desenvolve brilhantemente. Move já tinha caído na net semanas atrás, mas eu sou muito cricri e deixei pra postar só agora, que a música saiu em uma qualidade melhor.

“Salute” será lançado dia 11 de Novembro, mesmo dia que ARTPOP. O álbum contará com contribuições da nossa pupila Nicola Roberts, Future Cut, TMS e a produção está sendo assinada por Jam and Lewis, que já trabalhou com Janet Jackson. Já dá pra ver que vai ser um estouro né?

Paris Hilton só quer curtir

Por em |

Paris Hilton

A vida de Paris Hilton deve ser muito chata e monótona né? A loira já foi modelo, atriz, escritora, cantora, presa, estilista e agora anda atacando de dj. Como dinheiro não é problema para ela, Paris tava cansada de viver nos shoppings e tratou logo de ressucitar a sua carreira de cantora. Como alguns sabem, a socialite já lançou um álbum que apesar de não ser relevante, adoramos e já até postamos aqui no blog, porém o sucessor de “Paris” promete ser feito para as baladas e pista de dança sendo todo trabalhado na house music.

Good Time, foi escolhido como primeiro single e o clipe já circula na net. A música foi escrita pela própria Paris Hilton e conta com o feat. (indispensável) de Lil Wayne. A música foi produzida por Afrojack, que é um dos produtores de Pitbull. Com apelo eletrônico, a patricinha não pensou duas vezes em botar um feat médio com um produtor bacana para seu single de retorno.

Apesar do arranjo soar perfeito, a voz de Paris não tem presença e não se destaca em momento algum. Good Time tem uma batida que nos anima porém a letra não é nada demais que lixo. Paris só quer curtir esse momento com muita festa e badalação. O clipe não podia ser diferente da música…

Vou considerar essa música chiclete: sem conteúdo e gruda na cabeça. Eu estou ouvindo a música há bastante tempo, e acho o que me hipnotiza é essa voz despretensiosa da Paris não querendo ser Mariah, e sim, ela mesma. E o clipe é bem bonito, lembra bem o verão e quem não gosta de ver a loira só de biquini sensualizando na piscina com seus “amigos”?

Agora vamos esperar e ver se esse cd sai ou não sai… porque se depender de $$, a gente sabe que esse álbum será #1.

Overdose de Ciara

Por em |

Ciara

Quando uma música é lançada como single, ela tem a chance de estourar nos charts e ainda há 90% dela ganhar um clipe. Logo imagina a minha felicidade quando li na internet que Overdose, a melhor música do álbum mais recente de Ciara foi lançada como single!

Overdose foi composta por Ciara e foi produzida por Darkchild e digamos que essa é a musica mais pop que Ciara já gravou na vida! Eu que estou viciado desde quando o álbum saiu e fiz a faixa ficar bem popular entre meus amigos, que aprovaram na primeira vez que ouviram. Triste fiquei pois no álbum todo, só essa música tem essa batida dançante e envolvente. E o refrão então? AWESOME!

A música tem uma pegada sexy e tem toda aquela malícia que Ciara adora, até porque é bem a cara dela. No novo álbum, CiCi está toda sensual e com clipes e fotos de tirar o folego. Assim como a capa de Overdose que é bem safadinha e eu não tive coragem de postar, mas se vocês quiserem ver, basta clicar aqui.

Bom, essa é a dica! Ouçam e me digam se Overdose vale a pena ou não.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...