Novidades

Novo layout e novas direções

Por em |

O fim de 2014 foi ótimo para ideias. Pensei muito se continuaria com o blog ou não, até porque queria estar sempre postando sempre, porém não tenho mais aquele tempo que dedicava ao conteúdo online. Como vocês perceberam, o FP conta com colaboradores empenhados e com opiniões que são bem idênticas a minha. Decidi deixar bem claro aqui que o blog não é portal de notícias e que vamos postar tudo que gostamos e não ligar se algo é muito novo ou muito antigo. Se for bom e valer a pena (ou não) iremos postar!

Com o recomeço, veio também a questão de layout. O antigo era funcional e com cores que viraram nossa característica, porém estava na hora de abandonar o antigo estilo de diagramação e o atualizar para que todos conseguissem ler em seus smartphones e dispositivos onde quer que estivessem. A vontade de um novo layout era muita, porém estive em um momento de total branco e bloqueio criativo. Com esse fato, busquei referências e até cotei alguns preços com amigos webdesigners.

Mas a minha realidade financeira não me deixou sair muito do meu rumo. No meio do desespero em criar algo, descobri o Themify que é um gerenciador de layouts e que dá pra comprar temas ou personalizar os que eles dispõe. Por enquanto estou no básico e pelo que vi muitos blogueiros o usam e aprovam muito. Eu gostei da experiência e recomendo a todos, que assim como eu não tem mais tempo de estar programando um layout do zero. É prático e muito ágil na personalização. Os designers piram.

O design pode parecer simples, mas eu adorei como ficou. O logo foi inspirado na tendência floral e da tipografia flat com um toque minimalista. A maioria das pessoas usam flores e adornos, mas o Fruto Proibido é uma maçã, nada melhor que decorar com o nosso fruto, não é verdade? Eu gostei muito e por enquanto ficará assim mesmo. Agradeço ao apoio da minha amiga de longa data Ana Flávia por me ajudar em alguns códigos do mal, ao Mateus Pitombeira pela motivação, Bruna Vieira, Paula Buzzo, Phellipe e Karen Hofstetter pelas inspirações em geral, aos meus amigos colaboradores Andrei, Carlos e Gabriel, e a todos vocês que me ajudam diretamente ou indiretamente.

Espero que tenham gostado das mudanças e leiam bastante nosso conteúdo em 2015.
Algumas coisas ainda vão estar fora de lugar, até porque estamos ajeitando tudo.

Grande abraço e bom carnaval!

Pedro

Madonna é a rebelde que você quer copiar

Por em |

Madonna

Quando o assunto é Madonna, todo mundo já imagina uma cantora pop polêmica e com músicas mais polêmicas ainda. Ao passar dos anos, essa mulher é cada vez mais subestimada e colocada a prova. O que vem a seguir? Essa é a pergunta que habita na cabeça de cada fã de música pop quando a veterana encerra um ciclo, ou traduzindo na nossa linguagem, uma “era”.

Devo admitir que meu interesse por ela só começou quando completei 15 anos e ela lançou naquele mesmo ano, o hit Hung Up, que veio como um divisor de águas em sua carreira, que estava morna e sendo questionada com tantos ataques da mídia. Quando ouvi aquela música pela primeira vez, era como se eu estivesse hipnotizado… “Times Goes By So Slowly…” se repetia na minha cabeça e toda vez que tocava a música no rádio eu corria para ouvi-la mais uma vez. Com muito custo, encontrei o álbum algumas semanas depois e ali havia começado minha saga com Madonna. A torneira havia sido aberta e toda aquela euforia já estava nas minhas veias… estava viciado e queria mais dela. E aqui estou, para deixar algumas palavras do que senti ao ouvir seu novo single, Rebel Heart.

Liberdade é a palavra que expressa tudo que senti na música. Madonna é ousada e repetição é uma palavra que não existe no dicionário dela, pois está sempre buscando o desconhecido e transformando em novo, saindo na frente e sendo a visionária que é. Aplicando tudo com seu toque de midas, faz música ser muito mais que um som para nos distrair: faz arte! Estou acostumado com uma Madonna que traz músicas com apelo sexual e comercial, com batidas eletrizantes e que vão fazer todos dançarem onde estiverem. Mas dessa vez não aconteceu assim. Ela me decepcionou.

Não que a qualidade foi comprometida, aliás, está impecável. Criei a expectativa de sempre, mas ela nos surpreendeu sendo está íntima consigo mesma e fazendo uma declaração sobre o que todos esperam dela e o que querem que ela seja. Cansada de tudo, ela se mostra vulnerável em Rebel Heart. Com uma batida midtempo e acompanhada de um violão (que com certeza foi tocado pela própria), Madonna chamou o top produtor Avicii para tal tarefa de transformar sua música em um hit, como ele faz com suas músicas. Na composição, contou com o apoio de Natalia Kills, que deixou a música com seu tom intenso e obscuro. De longe essa música é uma produção cinco estrelas, mas não tem cara que vai ser a música que irá dominar o topo dos charts e ser a mais amada pelo público em geral, mas garanto que será de grande valor para todos aqueles que amam a Rainha do Pop.

Rebel Heart não grita novidade. O arranjo lembra as produções anteriores de Avicii com uma pegada country e com um refrão entoado por violinos e a batida eletropop gritante. Mas essa é a característica que citei acima: Madonna se renova a cada era, e não irá dar um tiro no pé. Com certeza essa faixa é apenas o prato de entrada. O álbum, sucessor do MDNA, está previsto para o início de 2015 e conta com o produtor Diplo (que tem em suas referências o “funk” brasileiro) e o duo Disclosure confirmados é bem provável que venha músicas prontas para dançar, como sempre. Ou as vezes não, pois Madonna tem um coração rebelde e irá fazer o que ela quiser. Então não é bom esperar o que vem, apenas deixar rolar. Já pode dizer que, com Rebel Heart está oficialmente iniciada a nova “era”.

Ouça a faixa abaixo. Não foi confirmado ainda se essa é a versão final, mas você pode tirar suas conclusões assim como tirei a minha.

___
* O título da postagem se refere a uma brincadeira com a música “Eu sou a diva que você quer copiar” de Valesca Popozuda.

O que esperar de American Horror Story: Freak Show

Por em |

A queridinha do publico Cult das séries está voltando com sua 4° Temporada que promete ser a mais assustadora e selvagem temporada de todas: American Horror Story – Freak Show estreia dia 08 de Outubro na Fox se existe alguma duvida sobre assistir ou não, nós vamos exterminar todas!

American Horror Story: Freak Show começa seu conto na sonolenta e tranquila aldeia de Jupiter, na Flórida. O ano é 1952. Uma trupe de curiosidades acaba de chegar à cidade, coincidindo com o estranho aparecimento de uma entidade maligna que selvaticamente ameaça a vida dos freaks e dos habitantes da cidade. Esta é a história dos artistas em sua jornada desesperada pela sobrevivência em meio ao mundo agonizante da experiência carnavalesca Americana.

A sinopse acima deixa os fãs e até daqueles que não conhecem a série com um gostinho de quero mais na boca. Criada por Ryan Murphy, American Horror Story ou AHS, está em sua 4° Temporada com mais um novo enredo o “Show de Aberrações”. Temos Jessica Lange, Kathy Bates, Matt Bomer, Angela Basset e Patti LaBelle tá bom pra vocês? Essa é só uma parte do super elenco que ainda é composto por figurinhas carimbadas das outras temporadas como Evan Peters, Sarah Paulson Frances Conroy e Denis O’Hare.

AHS é marcada por algumas características que os fãs esperam todos os anos: os teasers que são o estopim para a histeria dos fanáticos pelas séries. Dessa vez, trouxe várias pernas, palhaços, cabeças, línguas bifurcadas, mulheres dentro de gaiolas e tudo sempre emoldurado pelo lindo, digo, sinistro mundo do circo. Bem a clássica figura de terror deste ano será Twisted Clown, um palhaço assassino que irá por em risco todos os Freaks. Ele será interpretado por Jonh Carroll Lynch e de acordo com as mais recentes entrevistas até pessoas da produção tem tido pesadelos com o que Ryan denominou como “O Palhaço mais Assustador de todos os tempos”. Teremos os clássicos episódios de Halloween chamados respectivamente de “Edward Mordrake, Pt. 1“ e “Edward Mordrake, Pt. 2“ (para os mais ansiosos não colocaremos muitos spoilers, mas uma pesquisa no Google sobre Edward Mordrake revela bastante.) E como Freak Show está bem próxima do período de tempo em que Asylum foi ambientada (1970) teremos a volta de uma das personagens mais queridas Pepper (Naomi Grossman) e também dos números musicais de Jessica Lange.

Falando em música assunto que nós do Fruto Proibido adoramos, recentemente uma Fã tuitou para Ryan dizendo que não assistiria a temporada por estar apavorada como Palhaço Twisted, ele em resposta disse se ela não gostaria de ver Jessica Lange cantando uma canção de Lana Del Rey? Quais são suas apostas sobre tal canção? Nós adoraríamos e ainda tem mais: algumas fontes dizem que Jessica canta no primeiro episódio Life on Mars do David Bowie. Não podemos esquecer de citar Melanie Martinez que viralizou nas ultimas semanas nas redes sociais com sua canção “Carousel” que fez parte da trilha sonora do primeiro Promo oficial que mostrava algum dos personagens principais junto com suas peculiaridades. A musica é incrível e traz aquele mundo bem circense entoando pela voz super fofa da cantora que lança o clipe da canção na mesma data de estreia da série.

Tão perto da estreia, os teasers e as promos para vocês conferirem os últimos detalhes. Contudo AHS: Freak Show só chega à Fox Brasil em Janeiro de 2015. Aos mais ansiosos, nada que uma busca em sites de séries online não os acalme. Ontem tivemos a premieré da série em Nova York, e sabemos que Ryan nunca traz somente o enredo, e sim toda uma experiência sobre o mundo de cada temporada, em Freak Show a Fox libera pequenos vídeos em que os atores contam parte de suas experiências e suas vidas cada qual com sua característica antes e durante a série.

Já os Fãs participam todos os anos da famosa experiência real sobre AHS, que na sua primeira temporada levou alguns fãs a casa assombrada por espíritos, logo depois ao sanatório vivendo como verdadeiros pacientes e ano passado vivenciaram a encenação de ritos e sacrifícios do Coven. Esse ano algumas informações sobre o Show de Aberrações promete deixar os sortudos de cabelo em pé.
American Horror Story: Freak Show promete um elenco de matar, fotografia e efeitos especiais de primeira qualidade, posters cheio de anomalias e cor, trilha sonora estonteante e sustos acompanhados do que promete ser a melhor temporada de todos os tempos. Nós estamos super ansiosos por AHS: Freak Show e vocês?

 

Gabriel Félix
Aspirante a escritor, emocionalmente vintage, Mineiro, leonino, 16 anos. Apaixonado por musica, livros, moda, filmes e séries, fotografia e teatro.

 

Taylor Swift está de volta e “Shaking It Off”

Por em |

Dois anos depois de “Red”, Taylor Swift está de volta! A queridinha do charts está voltando com o seu novo álbum, 1989 e diz: “Estive trabalhando nele por dois anos, e gosto disso, porque é um tempo para crescer e mudar suas prioridades, seu cabelo, suas influências… E mudar sua música. Esse é oficialmente meu primeiro álbum pop.”

Figurinha carimbada em premiações e no topo da parada da Billboard a ex-cantora country vinha dando pistas que, na ultima segunda–feira (18) iria através da sua videoconferência na ABC, em parceria com o Yahoo; liberar seu novo single. Muito se falava sobre o possível adiamento do novo álbum de Taylor, já que outra estrela teen está para fazer o lançamento de seu novo álbum (Ariana Grande) que também são da mesma gravadora. Mas nada impediu aparentemente que Taylor lançasse “Shake It Off”, que é produzida por dois já conhecidos do último trabalho da loira: Shellback e Max Martin; que tem em seus currículos nomes como Britney Spears, Kesha, Katy Perry, Usher e Maroon 5, e hits como “Baby One More Time”, “Scream” e “One More Night” .

A música tem aquela clássica e gostosinha batida pop e grande destaque no trompete. Na letra, Taylor realmente brinca com a visão que as pessoas possuem dela, deixando-a realmente leve, chiclete e divertida. Com oito anos no mercado fonográfico, ela aprendeu a não se levar tão a sério e “Shake It Off” está fadada ao sucesso. Veja o clipe:

Com novo corte de cabelo e linda como sempre, Taylor disponibilizou o clipe em sua conta na Vevo e é isso: agita em vários estilos de dança, brinca no Ballet, se sente no Hip Hop, vai de Contemporânea á Líder de Torcida, Ginástica Rítmica ao Eletro e se rende até ao queridinho do momento, o Twerk! Simplesmente se divertindo e sendo Taylor em todas as caracterizações, a sutileza e descontração presente faz você perder a conta de quantas vezes assistiu o clipe e até pode se pegar dançando.

Seja conhecida por seus inúmeros namorados famosos, seus milhares de prêmios (mais de 150 indicações), sua carreira de sucesso, sua beleza indiscutível, seu talento como cantora ou compositora, sua paixão pelos fãs ou pelas suas turnês de sucesso, Taylor Swift está de volta mais Pop, mais anos 80, mais audaciosa do que nunca me arrisco até a dizer que já é o “come back” do Ano.

Uma certeza? Os Haters vão odiar, odiar, uhum, uhum…


“I’m back! More pop than never!”

Gabriel Félix
Aspirante a escritor, emocionalmente vintage, Mineiro, leonino, 16 anos. Apaixonado por musica, livros, moda, filmes e séries, fotografia e teatro.

Cuidado: Fancy é viciante!

Por em |

Eis aqui algumas informações para você saber antes de viciar numa música:

1. Não é pop. Não é rock.
2. É um hip hop dançante.
3. Tem uma batida envolvente e diferente.
4. Conta com o feat maravilhoso da Charlie XCX.
5. Refrão chiclete: check!
6. A música fala sobre o glamour de ser uma garota extravagante.
7. Fancy tem um clipe incrível inspirado no filme “As Patricinhas de Beverly Hills”
8. O clipe trouxe outra cara a música, isso é fato!
9. Se você não conhece, vai viciar.
10. Se já conhece, vai querer ouvir de novo.

I-G-G-Y!

Iggy Azalea é uma das rappers mais lindas e que não fazem questão de serem machonas e metidas a falar mal dos outros. Ela chega queitinha e já está conquistando seu espaçinho. Estou ansioso pelo o novo álbum.
E aí? Curtiram?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...