Ela irá quebrar a madrugada

Por em |

Em toda minha vida, nunca dei muita atenção a Michelle Williams e Kelly Rowland. Para mim era só Beyoncé e ponto final. Mas aí Kelly lançou Commander e meio que tive um affair que não durou tanto pois seu cd não era digno de fazer nosso amor florescer. Beyoncé reina até hoje em meu viver, mas esses dias, assistindo a 1ª temporada de RuPaul’s Drag Race, durante um “lipsynch”, os competidores menos exaltados iriam ter que dublar uma música de Michelle Williams. No começo pensei “Pff, ninguem merece. Vai ser uma música bem ruim”, mas paguei a língua, pois desde então a música não sai do meu player há semanas.

A música é de 2008, onde a invasão electropop estava começando a ser aliar ao R&B, que era o queridinho até então. We Break The Dawn é a junção dos dois ritmos do ano e tem uma vibe que adoro, que é uma música com uma batida uptempo e com fragmentos synth que vai se desmembrando numa letra fácil e que gruda na cabeça.

Gosto muito do swing que essa música tem, pois não muda o ritmo e a voz de Michelle fica bem tranquila e sem muitos gritos e falsetes. Composta por Solange Knowles e produzida por Frampton e Wilkins, a música tem um clipe que retrata bem a letra da música, onde Michelle fica vadiando pela cidade dançando com seus boys.

Baixei o cd que tem essa música, Unexpected, e curti um pouco. Estava a procura de músicas no mesmo nível que We Break The Dawn mas não obtive tanto sucesso. Da mesma safra eu recomendo Hello Heartbreak, Till the End of the World e Private Party. As outras músicas não são ruim, só não são refrescantes a ponto de ter destaque.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...