Que país é esse?

Por em |

N

ão vou ficar falando que o Brasil é uma bosta e eu odeio morar aqui. Irei falar sobre a atual fase de trotes em universidades. Aonde será que chega a crueldade humana?

Primeiramente, vou começar com o que mais me chamou a atenção. Pela ambiguidade da situação. Bruno César, aprovado em Veterinária, sofreu em um trote dos veteranos da Faculdade Anhanguera, em Leme. Tudo bem, o trote faz parte de qualquer ‘saudação’ e boas vindas. Porém, ele foi obrigado a ‘beber’, caso contrário seria chicoteado, eis que sofreu um coma alcoólico. Vendo a situação de Bruno, os veteranos o tentaram animar. Sem sucesso, o deixaram largado na rua. A mãe de um dos calouros, que ali estava, o amparou, levando ao hospital. Os pais do estudante, disseram que foi triste ver o filho jogado em uma maca, num canto, e sendo tratado com indigente. Numa entrevista ao Jornal Bom Dia Brasil ele diz estar constrangido, e completa dizendo:

“A gente trabalha tanto para entrar numa faculdade, aí chega e é recebido com pancada. Imagine como vai ser se esses veterinários que vão se formar agora? Se fizeram isso com ser humano, imagine o que vão fazer com um bicho?”

Algumas pessoas deram suas opiniões sobre o caso no G1, entretanto, diferentes. Veja uns deles, mais aqui:

Eu nunca vi alguém entrar em coma alcoólico por vontade dos outros. Ele bebeu pq quis até chegar a esse estado. Só pq pai e mãe chegaram que ele deve tá dando uma de ´tadinho´.
Agora o estudade vai deixar de participar da turma da veterinária, que é a mais divertida de todas.

… Tá certo que ele pode ter ido por vontade própria, mas com certeza não imaginava o tratamento que teria e nem a que consequências isto ia chegar. Este tipo de pessoa que trata o ser humano desta forma, deveria ser tratato assim também.

Essa universidade tá bem. Pode usar os propios estudantes como material de pesquisa, afinal, quem faz isso é mais animal do que um dito cujo.

Esse outro tambem fora um dos mais chocantes. Grávida, Priscila Vieira, foi aprovada pela Funec. Já meio com medo, enfrentou o primeiro dia de matrícula, e se arrependeu, sendo surpreendida por uma das veteranas que a jogou uma mistura de solvente, gasolina e creolina Queimada, fora internada com risco de perder o bebê que esperava. Horas depois, foi dito que o bebê não corre risco. Ufa ❓ !

E enfim, o ultimo, o politicamente correto e saudavel: Trote Solidário. Eu acho até civil, ajudar quem necessita, não há violencia, e ainda há estimulo. Aqui na minha cidade, os trotes são solidários. E sempre estão arrecadando fraldas, alimentos não perecíveis, roupas e etc em trocas de viagens, pontos disciplinares e até pro bem estar do aluno.

O Brasil não é um dos paises países para se morar, sei que existe pior 😎 , então pra que torna-lo assim? Eu imagino que os calouros querem descontar o que sofreram assim que virarem veteranos, e assim sucessivamente. Mas será que essa vingança em forma de bola de neve, serve para alguma coisa? Enfim… ‘use protetor solar’, né Bial?

Fiquem com Deus, porque só ele pra ter dó desses pobres mortais… 😀

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...