SOPA e PIPA: Quem ganha? Quem perde?

Por em |

A cada dia que passa fico mais convicto que 2012 é o ano do fim do mundo. As notícias não param de chegar e todas elas vem com uma nova surpresa que só me deixa mais aflito e com receio do que pode acontecer ao decorrer do ano.

Talvez não devia preocupar tanto, até porque esses acontecimentos já fazem parte da nossa vida, mas de um tempo pra cá, tudo está soando muito complicado. O que me fez chegar a essa conlusão? SOPA e PIPA.

Engraçado como duas palavras que para nós brasileiros soam tão familiares e que fizeram parte de nossa infância (eu pelo menos evito comer sopa ultimamente) podem nos causar tanto pânico e tristeza. Sim, se você está vendo essas siglas circularem por aí e ainda não entendeu o que elas significam, é bem simples:

SOPA. » Stop Online Piracy Act – visa acabar com a pirataria na internet, proibindo a distribuição de filmes, músicas e todo tipo de mídia em que o governo pode ganhar um imposto com a venda.

PIPA. » Protect IP Act – ato para proteção da propriedade intelectual, que soa do mesmo modo que a SOPA, porém é destinada aos autores.

O congresso americano está discutindo essas leis que irá a votação em breve, mas elas estão sem forças, já que a nação da internet está toda unida e prestes a enfrentar qualquer um.

Não é a toa que o governo vem perdendo muito de sua economia, já que nem todo mundo faz questão de comprar o produto físico, quando se na sua comodidade já tem o mesmo na rede. Soa muito melhor e mais útil, pois se o consumidor não gosta, vê que o dinheiro não foi um investimento perdido, e no mais, pode deletar e seguir em frente. Se gostar, há chances de adquirir o produto. Eu pelo menos faço isso. Baixo um álbum, se for ruim eu deleto. Se for bom faço questão de comprar. Mas as poderosas emissoras de tv, gravadoras e editoras de livros não gostam desse test drive e querem seus direitos. As mais xiitas são Disney, Universal, Paramount, Sony e Warner Bros.

Porém os grandes sites como Google, Youtube, Facebook, Wikipédia, WordPress e etc, estão com os dias contados se tal lei for aprovada, já que seu conteudo muitas vezes são informações que apoiam a pirataria. A ação já está começando a assustar as grandes mentes por trás dos sites, uma vez que o maior site de downloads, Megaupload, saiu do ar e teve seu fundador e funcionários detidos e setenciados a anos de cadeia.

Se engana quem acha que essa lei não afetaria nós, pobres brasileiros… mas sim, se essa lei entrar em vigor, podemos dizer tchau a todos os sites que não vivemos sem, já que apesar de ter uma versão brasileira, a base continua sendo americana. E com as bases sendo monitoradas, esse blog também deixará de existir, pois o WordPress é uma dessas potências que querem extinguir.

Já deixo a dica para vocês: procurem seus discmans, cadernos de perguntas e respostas, limpe aquela máquina de escrever, e se preparem para saber de todas as notícias assistindo a tv aberta. ESSE É O PROGRESSO??

Fonte: G1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...