madonna

Baú pop: Ashlee Simpson

Por em |

Se você já tem mais de duas décadas de vida, com certeza vai saber de quem vamos falar hoje. Mas para quem não sabe ou ainda não lembrou quem é, vou fazer a minha parte.

Ashlee Simpson é uma cantora de pop que ficou famosa em meados de 2004 com seu single de estréia, Pieces Of Me, que chegou ao Top 5 em diversos países. A música também foi uma das 10 mais tocadas no verão norte-americano. Ash também é irmã de Jéssica Simpson, que deu todo um suporte para que essa carreira fosse bem sucedida. Fonte

Ao longo da carreira, Ashlee nunca foi a mais notável do show bizz, mas eu gostava muito dos singles e dos seus clipes rebeldes. A voz estranha e ao mesmo tempo gostosa de ouvir, chamou muito a minha atenção. Deixo o destaque para as ótimas Boyfriend e LaLa.

Minha paixão mesmo só foi se dar em 2008 quando ela lançou o Bittersweet World, que é uma produção mais madura e com batidas electropop com influências R&B. Até então o ritmo estava se popularizando, tanto que Madonna lançou meses depois o seu Hard Candy. Produzido por Timbaland, o álbum foi um sucesso e por causa da gravidez de Ashlee a divulgação e qualquer lançamento posterior de singles foram descartados. O primeiro single, a dançante “Outta My Head (Ay Ya Ya)” trouxe novidades e refrescou a memória de muitas pessoas. Eu gostei na mesma hora que ouvi e tanto que não a larguei mais. O clipe também é diferente e mostra Ash numa fantasia que acabou sendo transformada em loucura.

A faixa homônima “Bittersweet World”, “Rulebreaker”, “Murder” e a animada “Boys” merecem o play. Bom, o álbum todo vale o play e o replay, rs. Eu o considero um dos melhores de 2008, e continuo com a mesma opinião daquele ano: músicas agressivas, porém com um toque de pop que todo mundo adora.

Ashlee Simpson – Bittersweet World (2008)
1. Outta My Head (Ay Ya Ya)
2. Boys
3. Rule Breaker
4. No Time For Tears
5. Little Miss Obsessive
6. Ragdoll
7. Bittersweet World
8. What I’ve Become
9. Hot Stuff
10. Murder
11. Never Dream alone
12. Invisible

Espero que Ashlee Simpson retome a sua carreira musical logo, pois já estou com saudade.

Me dê todo o seu amor

Por em |

No post de hoje, vamos apresentar 10 dicas para fazer um comeback de diva. Ou tentar.

1. Suma depois de um lançamento não tão bem sucedido.
2. Quando decidir voltar, inove e chame um produtor bacana para te ajudar.
3. Jogue a demo da nova música na internet tempo antes de ser lançada.
4. Tenha participações relevantes na música.
Pro clipe:
5. Reúna o máximo de cheerleaders e jogadores de futebol americano.
6. Use Marilyn Monroe como inspiração em algum momento.
7. Alfinete as outras personalidades da mídia.
8. Faça um touchdown com um bebê.
9. Tenha mais que cinquenta anos.
10. SEJA MADONNA.

Sim, Madonna voltou!! Eu tinha falado aqui que ela estava voltando e que era pras crianças deixarem a casa bem arrumadinha porque a mamãe do pop não estava pra brincadeira.

A versão finalizada de Give Me All Your Luvin’ é tão boa quanto a demo que vazou aquele dia. Para minha surpresa os feats de M.I.A. e Nicki Minaj tiveram só tiveram a acrescentar á preciosa produção de Martin Solveig. Gostei muito dos versos de cada uma e o corinho no começo.

Já o clipe ficou impecável e contem todos os requisitos para um clipe pop bem produzido: tem crítica, tem polêmica, tem alfinetada, inspirações/homenagens e o melhor de tudo: MADONNA LINDA E FABULOSA. Quando a vi nesse clipe, fiquei muito satisfeito com a aparência da eterna Material Girl, que por mais incrível que pareça, a idade está sempre a favorecendo (ou será que Madonna está recorrendo a procedimentos cirurgicos?).

Dado o lançamento do single no iTunes, em poucas horas Give Me All Your Luvin’ já era o mais vendido até então. O mesmo digo para a pré-venda limitada do álbum, M.D.N.A., que também tem sua colocação como um dos mais vendidos, tirando o posto da nossa queridinha Adele.

Agora só nos resta esperar até março para podermos ouvir tudo isso que Madonna preparou pra 2012. Acredito que o material está todo impecável e só podemos esperar muita coisa boa pois conhecemos nossa rainha, que apesar de não agradar a todos, sempre tem muito bom gosto e não faz nada pelas metades.

G-O  M-A-D-O-N-N-A!

Retrospectiva Musical 2011

Por em |

2011 foi um ano de muitas surpresas e novidades no mundo musical. Eu me surpreendi com muita coisa boa que foi lançada e muito decepcionado com outras que não me agradaram tanto. Para essa retrospectiva, resolvi fazer diferente dos outros anos, em que digo quais foram os dez álbuns que mais ouvi ao longo do ano. Irei listar 5 cantores (e seus álbuns) que mais ouvi e 5 álbuns lançados nesse ano que mais gostei. Certo?

5 cantores/álbuns mais ouvidos

5 cantores/álbuns mais ouvidos

Lady Gaga – Born This Way
Porque? Porque Gaga prometeu um álbum bem diferente e músicas bem íntimas e com assuntos polêmicos. Autobiográfico, Born This Way é um trabalho com diversos estilos e nenhum pouco saturado. Seus hits contagiam a todos e a cada música é um convite para dançar.

Melhor música? Dificil escolher, mas eu gosto muito de Bloody Mary ultimamente. Mas Born This Way me anima muito mais.

Nicola Roberts – Cinderella’s Eyes
Porque? Porque Nicola Roberts até então era uma das Girls Aloud com menos preferência do público. Seu álbum trouxe um pop britânico com pitada de eletronico e algumas letras, tambem, autobiograficas. O timbre de “Nicão” se diferencia de todos e isso que me chamou a atenção nesse trabalho.

Melhor música? Beat Of My Drum

Britney Spears – Femme Fatale
Porque? Porque Britney Spears comandou toda uma geração e eu cresci a ouvindo e acompanhando toda a vida dela. Para o “comeback”, Brit não abriu mão dos seus hitmakers e apostou tudo nas novas tendências pop. Destaque para o dubstep que fez muito sucesso em seu single, Hold It Against Me. O álbum também é destinado as pistas de dança e não há um momento que você desanima ouvindo.

Melhor música? I Wanna Go

Diana Vickers – Songs from the Tainted Cherry Tree
Porque? Porque a conheci no fim do ano passado e a partir dai foi amor a primeira ouvida, rs. Diana faz um pop britânico juvenil e deliciosamente ingenuo que me conquistou de uma forma exagerada. O seu timbre também é doce e suave, o que faz do cd um prazer de ouvir.

Melhor música? The Boy Who Murdered Love

Madonna – Discografia Completa
Porque? Porque antes de sofrer o acidente, havia me dado uma vontade louca de ouvir o “Confessions”. E como não o achei (por conta da mudança) aproveitei e baixei a discografia da Madonna toda em alta qualidade. Durante o ano foi inevitável não ouvi e recordar o como Madonna é versátil e ousada em todos os trabalhos.

Melhor música? Hung Up (pelo menos foi a que mais ouvi de todas)

5 álbuns que mais se destacaram

5 álbuns que mais se destacaram

Wanessa – DNA
Porque? Porque Wanessa não conseguia emplacar seus singles em inglês, até lançar um ep que prometia bons frutos. Não demorou muito e ela logo lançou o cd e para nosso bem, o cd é excelente e não tem defeitos. Foi um dos que mais ouvi e me surpreendi com as produções do DNA.

Melhor música? Empate técnico entre Sticky Dough e High

Nicole Scherzinger – Killer Love
Porque? Porque Nicole foi esperta e chamou Red One para guinar seus passos e dar sorte pra ex-pussycatdoll que só flopava. Deu certo e apesar de não ter feito muito sucesso nos solos americanos, Nic pode se sentir vitoriosa e com ótimos singles. O álbum é ótimo e com uma pegada bem mainstream.

Melhor música? Poison – dance. Don’t Hold Your Breath – balada.

Jennifer Lopez – Love?
Porque? Porque outra que flopava mais que tudo era a Jennifer Lopez. Nada que a gata lançava era bom o suficiente. Red One também ficou encarregado de deixar JLo a ponto de bala e reinar nas pistas: On The Floor virou um hit! Dominou mesmo, ainda mais com samples de lambada. O álbum segue a mesma linha do Killer Love, porém com o tempero latino de JLo.

Melhor música? On The Floor

Aqua – Megalomania
Porque? Porque o Aqua tinha acabado e voltou. E voltou com tudo!!! Influenciados pelo electropop, o grupo dinamarquês fez de Megalomania um álbum carregado de músicas dançantes e de bom gosto. Lene e sua voz aguda freak deixaram esse trabalho como qualquer outro do Aqua, porém com uma roupagem moderna.

Melhor música? No Party Patrol

Adele – 21
Porque? Porque Adele conquistou o mundo com suas músicas de fossa e mágoa eterna. Se tá triste, é só o ouvir que tudo piora, rs. Bom, 21 superou todas as expectativas e trouxe uma Adele mais produzida e com mais sentimentos. O álbum tem músicas animadas e com um apelo mais doce, porém tem outras que desmoronam qualquer um. Excelente, e ao mesmo tempo único.

Melhor música? Set Fire To The Rain

.
Bom, esse foi meu top 10. Agora quero saber o que vocês mais ouviram e o que mais gostaram dos lançamentos nesse ano.
Vamos esperar por 2012 e ver o que de bom o mercado fonográfico tem a nos oferecer, já que é impossivel viver sem música!!

Crianças, a farra acabou

Por em |

A mamãe do pop está de volta, e odeia encontrar a casa toda bagunçada!!

Sim, acaba de vazar a demo do novo single da Madonna, chamado Give Me All Your Love. A música foi produzida pelo dj francês Martin Solveig, que virou um dos queridinhos da rainha do pop nesse meio tempo.
Ouça a demo abaixo:



Baixe aqui

A música é bem animada e jovem. Tem todos os traços das produções do Martin com uma pitada retrô que só Madonna sabe dar. Achei uma delícia de ouvir e já imagino essas batidas no rádio e tocando durante um dia ensolarado. O refrão é chiclete e gruda mesmo na cabeça já que a letra é bem fraquinha. E dá até pra ser comparada a Beat Of My Drum que tanto marcou com o L.O.V.E. né?

Há rumores por aí que M.I.A e Nicki Minaj estarão na versão finalizada da música. Eu adoro as duas, mas acho que assim a musica está perfeita; irretocável. Não consigo imaginar um rap freak no meio disso tudo.

Bom, agora é só ir curtindo essa demo até chegar em fevereiro e Madonna lançar essa música oficialmente. Ou talvez vaze antes né?? (yn)

Every record sounds the same… you’ve got to step into my world

53 velinhas para Madonna

Por em |

Madonna

Mais um ano que passa e Madonna continua ali, no topo da escala real da música pop. Intacta e cada dia mais forte e revigorada. Está pra bombar cantora que vai conseguir superar sra. Madonna. E eu, fã como sou, não poderia deixar essa data passar em branco. Talvez poderia ter homenageado de uma forma muito mais elaborada, mas é o que meu tempo ultimamente está muito corrido. Espero que nossa rainha não se importe. 😀

Enfim, nada melhor do que CELEBRAR essa data ouvindo mais e mais essa cantora que sempre está inovando e marcando gerações. E claro, é impossível não saber quem é MADONNA!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...