Música

No iPod: Alex Winston – Velvet Elvis

Por em |

Desde que a Lorde começou a tocar na novela, que eu estou muito indignado e com sede de cantora indie desconhecida. Na busca, achei uma exótica, diferente e não conhecida. Cheia de predicados que me agradam, Alex Winston conquistou meu coração com uma música apenas. Essa:

Com uma voz aguda e um visual bem refinado, Alex me ganhou por essa batida indie rock dos tambores e esse pianinho retro. Assumo que ela me lembrou Kate Bush e Sara Bareilles. Estou com uma impressão muito boa da indie estaduniense e já estou ouvindo ela há um tempinho. O vídeo é simples mas nos prende. Eu gosto muito dessa aparência limpa e fofa que ela aparenta.

Alex Winston além de compositora, é multi-instrumentista e foi treinada em ópera. Um talento nato! Uma pena que não seja tão reconhecida por isso, e a única grande divulgação que teve foi em um video sobre o Google Chrome. Sua carreira musical começou em 2007 e ela já lançou um álbum em 2012 e está apostando em um novo single para 2013. Ouvi e não achei tão bom quanto Velvet Elvis, que é de 2011. Vou baixar o álbum depois e se for bom, eu faço um review aqui.

Por enquanto só quero curtir essa música até enjoar.
Espero que gostem e ouçam bastante. E claro, divulguem a moça!

3 Words: Cheryl é demais

Por em |

Cheryl Cole

Estava eu fuçando em meus cds e achei em um mp3 o primeiro álbum solo da Cheryl Cole, que era integrante da única e inesquecível Girls Aloud. Na época eu não a conhecia muito e só baixei por indicação de um amigo que estava falando muito bem dele. O álbum se chamava “3 Words” e gostei muito, logo na primeira vez que ouvi. E aos poucos fui ouvindo e tentando saber quem era Cheryl Cole. Mais pra frente eu me apaixonei pelo Girls Aloud e daí aqui estou.

Enfim, 3 Words é um álbum pop eletrônico que fez muito sucesso em terras britânicas pois Cheryl é bem conhecida por lá. Participar do juri do X Factor fez com que sua fanbase aumentasse consideravelmente, pois todo mundo sabe quem sempre foi a queridinha do Girls Aloud né? rs Mas Cheryl foi atrás de seu sucesso solo e trouxe um álbum redondinho e cheio de músicas boas. E ela deixou a produção do álbum toda nas mãos de Will.I.Am que naquela época não era tão farofa e fez um trabalho de respeito. Para mim é o melhor trabalho de Will em produções, pois o álbum todo conversa e as faixas são ótimas para ouvir em qualquer ocasião. O que me irrita é que mesmo se a faixa não tem o “featuring” escrito o nome dele, ele está lá fazendo algum verso ou coro.

Mas uma coisa eu não posso reclamar: a mulher arrebenta! Canta e dança demais… e sem contar o quanto ela é linda. Eu fico babando, sério. Ela nem é muito grande mas ela exala poder e sedução. E não ia ser diferente em suas músicas e videoclipes né? Para começar, a música de maior sucesso do álbum, “Fight For This Love”, que com certeza você ouviu lá em 2009.

Alem de “Fight” foram lançados mais dois singles, “3 Words” e “Parachute” esse último teve um clipe que é um dos meus favoritos. Das músicas favoritas, “Rain On Me” e “Heaven” que são muito pop e destaco “Stand Up” que foi composta por Taio Cruz e é uma club banger que não dá pra ficar parado. E o feat do Will.I.Am nessa é indispensável, pois ficou muito legal ele dizendo “Ok Cheryl, last dance!”.

Bom, a dica foi dada! Procure um site de ouvir música que você goste e ouça esse álbum. Eu amo e espero que vocês também gostem e o tirem do baú de vez em quando.

Cheryl Cole – 3 Words (2009)
1. 3 Words (feat. Will.i.am)
2. Parachute
3. Heaven (feat. Will.i.am)
4. Fight For This Love
5. Rain On Me
6. Make Me Cry
7. Happy Hour
8. Stand Up
9. Don’t Talk About This Love
10. Boy Like You (feat. Will.i.am)
11. Heartbreaker

3 dicas musicais para inspiração

Por em |

Source: Student Time Management

Como todo mundo sabe, sou designer gráfico e por mais satisfatório que esse trabalho seja, a pressão em alguns jobs e ter sempre a criatividade pronta para uso nos cansa a cabeça um pouco. Para relaxar e inspirar, eu ouço bastante música pra tudo fluir facilmente. A música certa nos alegra e nos dá sensações mais prazerosas e influencia em nossos trabalhos; nos permitindo desenvolver novas idéias e fazer o cliente sorrir de orelha a orelha.

Baseado em minha vida criativa, reuni três dicas de que ouço de vez em quando e quero compartilhar com vocês e saber o que vocês ouvem quando estão precisando de um gás para trabalhar mais animado. Eis as minhas:

1. Lily Allen

Já a indiquei aqui no baú pop e não me canso dos álbuns dela (dois, apenas) e acho ela essencial para meu dia. Não tem um só dia de trabalho que não ouço o It’s Not Me, It’s You completo. Se não o faço, parece que falta alguma coisa. Sério. Lily Allen tem uma voz calma e muito gostosa de ouvir e as melodias de suas músicas pop nos faz parar para prestar atenção a cada instrumento que tem seu destaque e as vezes passa despercebido.

2. Gossip

De pop ao indie underground do Gossip, me rendo totalmente aos vocais insandecidos de Beth Ditto, dos arranjos rocks tresloucados de Brace Paine e as batidas uptempo de Hannah Blilie. Esse é o Gossip que ouço diariamente e me ajuda a relaxar e criar algumas idéias pra lá de animadas. Também com uma discografia curta, o grupo norte americano não deixa a desejar. Ouço bastante o Music For Men e o último lançado, A Joyful Noise, que também é excelente e não sai do meu player. Apesar de indie, o Gossip também tem músicas eletrônicas e que agita todo o lugar, impossível ficar parado ou tentar acompanhar Betinha com seus powers vocals.

3. Coldplay

Se meu coração fosse um cd, com certeza seria algum do Coldplay. Amo muito todas as músicas e apesar da sonoridade tranquila e intrinseca, o grupo todo consegue chamar a atenção e conquistar novos fãs cada dia que passa. Eu confesso que os ouvia esporadicamente, mas depois que lançaram o Mylo Xyloto, minha admiração floresceu e desde então não larguei mais. Passei a ouvir os outros álbuns com o mesmo anseio e ficando mais surpreso com a soma de uma boa melodia e letras profundas. Vale a pena escutar para ter idéias brilhantes.

E você? O que costuma ouvir para se sentir inspirado??
Me conte e indique seus favoritos!

2ª Faixa: Céline Dion – Somebody Loves Somebody

Por em |

Céline Dion

Nunca fui o super fã da Céline Dion, mas tem sempre umas músicas que são mais conhecidas e a gente sempre ouve uma aqui ou outra ali e desde que essa mulher de 45 anos com cara de 20 lançou um single novo, chamado Loved Me Back to Life cujo composto por nossa amada Sia, eu me rendi completamente. A música foi lançada faz tempo e eu venho ouvindo desde então. Queria ter postado aqui antes, mas acabei ficando sem tempo e esqueci. Eu recomendo ouvir essa música pois é muito dramática e cheia de grito dessa mulher.

Mas voltando ao assunto desse post, a 2ª Faixa de hoje vai para outra música tão incrível quanto Loved Me Back to Life, e essa é Somebody Loves Somebody:

POP ELECTRO! Céline traz uma uptempo cheia de artimanhas que faz essa faixa estar sob medida para sua voz cheia de notas altas e envolventes. O refrão é fantástico e esbanja uma batida vibrante e dá até pra dizer ele é chiclete, quero ver você ouvir o “when somebody loves somebody, that’s the way it’s supposed to be” ou o grudento “Eh, eh, eh, eh, eh, eh”… e não ficar cantarolando depois.

Com sete anos sem lançar um álbum de inéditas em inglês, Céline chega derrubando todas as cantorinhas de meia tigela das cadeiras e mostrar como se faz. Além da composição de Sia, o álbum conta com as participações de Ne-Yo e o magnissimo Stevie Wonder. Irrestivel né?

No iPod: Janet Devlin – Wonderful

Por em |

Janet Devlin

Sabe aquela música que você ouve pela primeira vez e já morre de amores? E pra piorar a situação, você não consegue a tirar do repeat? Então, estou vivendo isso com Wonderful, da fofa Janet Devlin.

PS: Antes de clicar no play, já aviso que há 50% de você gostar, 45% de viciar e 5% de não ouvir.
Espero que você seja um desses 95%.

Para quem não sabe, Janet Devlin foi uma das participantes da 8ª edição do X Factor em 2011. Não ganhou a competição, mas foi longe, ficando em quinto lugar. Seu timbre doce e angelical conquistou o país da Rainha e todos ficavam morrendo de fofura. Quando ela estava no ar, nunca dei muita atenção, pois torcia muito pelo <3 Little Mix <3 e acompanhava Amelia Lily e Misha B.

Há pouco tempo, Janet lançou seu álbum de estreia e eu gostei muito! Hide and Seek é um álbum tranquilo e gostoso de ouvir. Um pop rockzinho bem leve, que você fica até sonhando acordado. Mas no momento só tenho ouvidos para a faixa que ganhou esse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...