Séries

Recap: Glee 2×01 Auditions

Por em |

Oi gente!! Nossa, nem creio que setembro chegou e nós estamos aqui, com nossa saudade sanada, até porque depois de tanto tempo sem Glee, eu pensei que iria surtar.
Enfim, como sempre eu baixo e assisto na quarta-feira, mas por motivo de cansaço maior, deixei pra comentar sobre o episódio de comeback hoje. Vamos lá?


O episódio começa com um resumo da segunda parte da primeira temporada e com um ‘noticiário’ apresentado pelo Jacob ~estranho~ perguntando e instigando sobre os gleeks. E tipo, ele até que falou muito né? Daqui uns dias ele tá cantando e dançando. (ops, isso já aconteceu e não deu certo! rs)


Eu fiquei em choque, porque tipo, o Artie foi chifrado pela XTina com o Mike, que nem canta……. mas dança muito. Coisa que o Artie não pode fazer :'(


Kurt fazendo a r3b3lde quando não sigo os demais e leva essa raspadinha na cara, coitado. E o mais chocante: ele entra no banheiro masculino. rs


E essa Susan Boyle de olhos azuis, Brasil? Fiquei até com medo. Imagina só um dueto das duas valentonas de Glee? Que must ~pensei em inglês, produção!~


Sunshine e Rachel dublando e fazendo pokerface no banheiro… hmmm… rs
Nem precisa dizer que foi minha música preferida do episódio, né? rkkkkkk


Ivete faz show em NYC e quem arrasa em Glee é a Claudinha Leitte. -n Esse loirinho aí, que tem uma boca maior que a da LiLo depois do botox, vai ser o novo namoradinho do Kurt. Será que vai prestar????
PS: A música cantada foi Billionaire, do Travis McCoy. A Claudia Leitte que fez uma versão da música. Não acredite nas minhas lorotas… por favor!


Legal né? A mãe da Rachel (que parece mais com a Isabella Fiorentino) adotou a filha da Quinn e a loira já tá toda gata e popular de novo. Assim é fácil né Ryan Murphy!!!!! Cadê os bons costumes????


Solinho bonito e muito bem cantado pela Sunshine. O melhor é que não adiantou a Rachel se rebelar e fazer o diabo a quatro. SUE SYLVESTER RULES!


O Finn e a Rachel estão namorando e só vão dar o primeiro BEIJO quando o episódio está acabando. Isso porque tanto o Finn com a Quinn e a Rachel com o Jesse se pegavam toda hora, e tipo, deu no que deu. Ryan Murphy está deixando muita coisa aleatória no ar.


O mais triste de todos os finais: ARTIE, O CORNO MANSO SOLITÁRIO!!!!!

Bem, as outras músicas e momentos foram mais do mesmo. Foi muito bom as performances, mas eu preciso ser correto e 10 tópicos estão super bem escolhidos e ressaltados.
Só queria dizer também que adorei o episódio, tudo que disse acima foi pra descontrair, pro post não ficar chato. Semana que vem é o episódio que terá as músicas da Britney, pelo promo parece que vai ser melhor que o The Power Of Madonna. Mas o que tudo indica só parece. Vamos torcer pra que seja o melhor (yn).


Atenção: Essa categoria, Recap, foi inspirada nos posts do RSFD. 😀

Um toque de vida

Por em |

Esses dias atrás estive doente, e dormi a tarde toda e durante a noite, fiquei sem sono. Daí liguei a tv no SBT e estava passando Fringe e fiquei assistindo. Logo acabou e começou uma série tão coloridinha, bonitinha e muito engraçadinha. Era Pushing Daisies!

Assisti o episódio piloto e em seguida veio o segundo episódio. Eu adorei tanto que fiquei com vontade de assistir mais e vim na internet procurar e acabei baixando a temporada toda e indico pra todo mundo assistir.

Pushing Daisies conta a história do garoto Ned, um garoto que descobre que tem o dom de trazer mortos (sejam eles animais, frutas ou pessoas) de volta à vida. Porém, ele descobre que há consequências para o uso do seu incrível dom: se ele tocar a pessoa que ele reviveu novamente, essa pessoa morreria para sempre. E se por acaso ele deixasse essa pessoa viver por mais de 60 segundos, outra pessoa que está próxima morreria em seu lugar.

A história de desenrola a partir do momento em que sua mãe sofre um aneurisma e cai dura no chão, e ele a toca e ela volta á vida. No mesmo minuto, o pai de Chuck, sua namoradinha e vizinha, cai ao chão e morre. Tudo vai bem até a mãe de Ned dar lhe um beijo de boa noite e morrer novamente (que confuso!), assim descobrindo que o segundo toque depois da ‘ressureição’ é fatal. Ambos órfãos, Chuck e Ned se separam e cada segue sua vida.

Herdando talentos culinários de sua mãe, Ned se torna um confeiteiro que possui um restaurante chamado “Toca da Torta”, que conta com a ajuda da garçonete Olive Snook (Kristin Chenoweth, a April de Glee). A vida de Ned toma novos rumos quando o investigador Emerson Cod descobre acidentalmente seu dom e oferece-lhe uma proposta: Ned traz temporariamente vítimas de assassinatos de volta à vida, permitindo a Emerson obter informações sobre as circunstâncias da sua morte, e resolver rapidamente o caso e dividir o dinheiro da recompensa com ele.

Ned fica surpreso quando uma das vítimas que precisa tocar é Chuck e deixa o sentimento da infância falar mais alto e a deixa viva, provocando que outra pessoa morra em seu lugar. Mas o mais dificil vai ser não tocá-la, pois se houver o segundo toque, Chuck morre para sempre.

(Fonte: Wikipédia)

O enredo é bem interessante e a história tem momentos engraçados e de certo suspense. Sem contar que tem um narrador que toda hora diz que tal pessoa tem tantos anos, tantos meses, tantos dias, tantas horas e tantos segundos de vida; bem no estilo de Baby, o porquinho atrapalhado.

Enfim, se você tá afim de preencher o vazio de alguma série que está em hiato, baixe Pushing Daisies correndo!! 😀


Em sátira ao quadro em que Deus toca Adão.

Britney e o cd novo

Por em |

É gente! A Sony confirmou o boato: Britney Spears vai lançar cd novo até o final do ano.
Não há data marcada, mas aposto que Britoca vai querer lançar o álbum dia 3, assim como fez com o fraquissimo Circus (eu adoro esse cd mas ele não tinha tanto impacto comercial).

Outros boatos que correm pela internet é que o novo projeto da Britney é totalmente electropop, tal como Britney (2003) e Blackout (2007). Eu espero que siga essa linha mesmo, pois é o que a Britoca faz bem e com gosto né?? haha

E falando em gosto, vocês viram que o seriado Glee está empenhadissimo sobre o episódio que homenageará a b*tch? Já se sabe que o Mr. Schuester vai raspar a cabeça. Que a Brittany e Sue Silvester vão cantar algumas músicas e que Rachel irá cantar …Baby One More Time! Bom, são os spoilers que li no Glee Brasil.

Agora é só esperar né? Tanto pelo álbum e tanto pelo episódio. 😛

O pessoal gostou tanto das tirinhas pop que resolvi fazer uma pra cada post.
Vamos ver até quando…

Glee goes Britoca

Por em |

Glee está de férias, mas nós, fãs da série estamos querendo mais e mais, e acompanhar as novidades diárias e esperar até setembro está sendo a única solução. Assim como Madonna, Journey e Lady GaGa, BRITNEY TAMBÉM SERÁ HOMENAGEADA NO SERIADO!

Isso mesmo, o diretor da série, Ryan Murphy contou a novidade diretamente pro fofoqueiro mais famoso da net, Perez Hilton. Tudo começou quando o empresário da Brit anunciou por twitter, se os fãs queriam que um episódio de Glee fosse totalmente dedicado á cantora. Os fãs não pensaram duas vezes e entupiram o Trending Topics de #GleeGoesBritney. Eu adoro a Britney, sou fã mesmo, e isso não é segredo né? Mas eu fiquei feliz sim por terem feito essa escolha, até porque a Britoca tem muitas musicas teatrais, vai ficar legal.

Como no ano passado, quando anunciei que Glee iria performar Madonna, fiz uma listagem das músicas que achei que deviam ser gravadas e por qual personagem seria também. E vou deixar minha listinha só das músicas porque tem muita gente cantando e eu nem imagino quais serão as novas tramas.

1) …Baby One More Time
2) Sometimes
3) Oops! …I Did It Again
4) Lucky
5) Overprotected
6) I´m Not a Girl, Not Yet a Woman
7) Me Against the Music
8) Toxic
9) Everytime
10) Womanizer

Bom, eu gosto dessas músicas e acho que essas deviam estar no episódio. Agora se tem outro cantor que eu acho que deve ter um especial desses é o Michael Jackson. Esse sim iria ser um episódio bacana. Mas olha, tem muitas chances de dar certo, pq o Kevin McHale (Artie) deu uma entrevista dizendo que adoraria interpretar Michael Jackson. 😆

Enfim, espero que os gleeks de plantão tenham aprovado a nova idéia, e tipo, qual artista também devia ter um episódio exclusivo só pra ele? Digam aí. 😎

Season Finale: Glee

Por em |

Oi gente!

Infelizmente, semana passada foi ao ar o último episódio da primeira temporada de Glee. E eu como um bom gleek, vou dizer o que achei do episódio.

ATENÇÃO: Esse post conterá spoilers, e se você ainda não assistiu, peço que não leia. 😉

S01E22 – Journey

A cada dia que passa, o Glee Clube é ameaçado por alguma coisa. Nesse episódio, Sue Silvester anuncia a Will que será uma das juradas da Seletivas e que não vai aliviar. E como vocês sabem, se o “New Directions” não vencer, o grupo será extinto. Todos os integrantes se desesperam, porém Mr. Schue consegue virar a situação os animando com uma solução: cantar Journey. O casalzinho Finn e Rachel cantam um medley de Faithfully, Any Way You Want It e Don’t Stop Believin’. Uma apresentação bem calorosa, porém bem fraquinha… clichê!

A mãe da Quinn se separou do marido e a chama a filha de volta pra casa, e como em novela do Maneco, a bolsa da Quinn estoura. A apresentação do Vocal Adrenaline começa, e a musica é Bohemian Rhapsody do Queen, mas só o Jesse que faz o solo. Porém a dança é impecável.. muito coordenada. Enquanto a apresentação rola, Quinn está no hospital tendo seu bebê. Rachel vai encontrar sua mãe e pedir para ela ir para o Glee Clube, porém Shelby quer ter uma vida, e uma família. Agora, uma parte bem tosca que achei foi esta: Olívia Newton-John foi muito rude e ignorante, se ela é assim na vida real, eu quero ela longe de mim. Josh Groban foi legal. Olivia ainda humilhou Sue Silvester, dizendo que ela não é uma celebridade. Logo, Sue divulga o vencedor, que é claro.. o Vocal Adrenaline. Quinn e Puck decidem não ficar com Beth, e tipo, fiquei morrendo de dó.

Emma foi conversar com o Figgins sobre o fim do Glee Clube. Mas não adianta muito. Os alunos se reúnem no auditório e cantam To Sir, With Love, que caiu como uma luva nessa situação. Foi linda a apresentação, muito emocionante.. até a durona Sue chorou. Logo, a sala que o Glee ocupava foi esvaziada e Sue foi implicar com Will, mas acabou dizendo que fez o diretor Figgins dar mais um ano para o clube. Mr. Schue conta a novidade ao pessoal, e retribui a apresentação anterior cantando Somewhere Over The Rainbow no violão, bem estilo Jason Mraz. E o mais legal também, Shelby adota Beth e realiza seu sonho. FIM.

Não vejo a hora da série voltar com novas tramas, novos convidados, novas performances e tudo mais que a gente ama. 😉

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...