Trabalho noturno

Por em |

Calma gente! Esse blog não tá fazendo hora extra mostrando o bumbum alheio, não. Tá pensando que o FP é bagunça? hahaha 😳

Enfim, a culpa dessa capa sem vergonha não é minha, e sim dos Scissor Sisters que voltaram com tudo, chocando o povão. Pra quem não sabe, o SS é uma banda de electro pop, glam rock e alternative super influente em New York, mano. Apesar de estarem sumidos desde 2006, eles voltaram com um gás total, mas que atende pelo nome de Stuart Price. Sim, o produtor de Madonna, Gwen Stefani, The Killers e recentemente de Kylie Minogue, em Aphrodite, sem contar os milhões de remixes que ele produz por aí. Com essa ajuda, o trabalho noturno das Irmãs Tesouras seria mais prazeroso, já que a banda estava com um disco prontinho e por decisão de Jake Shears, o vocalista, foi todo descartado, assim começando o projeto que vou desdenhar a partir de agora.

Eu bem que procurei um player decente para vocês acompanharem ouvindo o preview lendo a resenha, mas não há um video que tenha todas as músicas. Dessa vez vocês vão ter que fuçar por aí, ou baixar e acreditar na minha palavra. 😆

N

ight Work é a primeira faixa, e pra não nos desanimar é bem alegre e tem uma batidinha suave, a guitarra tem bastante destaque. Dá vontade de ficar cantando o refrão o dia todo. Whole New Day quebra o ritmo freak e deixa o clima bem retrô. Sabe aqueles synths de antigamente? Então, eles tomam conta dessa música, que deixa a gente vidrado. Fire With Fire chegou, aa melhor baladinha do cd. O refrão é bem macumbento e fica na cabeça. Do nada você tá cantarolando o “You said fight fire with fire, fire with fire”. Any Wich Way é a música que o SS tá cansado de fazer e só nos faz feliz. Bem eletrônica e com os agudinhos do Jake estão tomando conta até que a Ana vem fazendo um sing talk pra quebrar um pouco o estilo. Harder You Get parece música do Pet Shop Boys, mas só que com um rock soft muito exato, encaixando com o sing talk quase robótico do Shears. A minha preferida, Running Out também nos remete ao retrô e deixa um som parecido com o do Queen, porém a batida mais animada. O refrão é facil e gruda gruda também, e detalhe: essa faixa não foi produzida pelo Price. Something Like This não tem brilho algum, uma batida enjoativa e nada relevante. Skin This Cat parece muito com o Tecnonik que a Yelle produz, bem volúvel e enfim solado pela Ana M. Skin Tight é a cara do Price, outra balada que é só amor. Impossivel não adorar essa faixa, o refrão é lindo. Sex and Violence é musica de dormir… a batida é boa, mas me dá uma preguiça. Nightlife parece sair de Footloose, e tipo, imaginei Kevin Bacon a dançando. O A-Ha iria adorar performar essa música, apesar do Jake desempenhar bem o timbre certo no refrão. E pra finalizar, um presentão: Invisible Light! Essa faixa é bem misteriosa, cheia de efeitos retrô… mas se tratando de SS, essas maravilhas nunca são demais. O refrão é bem batida louca, super gostosa de sair batendo cabeça nas buatchy de NY. hahahaha Tem até uma narração no fim, á lá Thriller. Enfim, o cd tá pop, tá retrô. Tá bom demais! De lamber os beiços. A banda não pecou em nada, as musicas estão em sintonia e não deixa o cd cansativo.

Pra quem quiser baixar, clique aqui e se jogue no download!!!!


– Voltamos e estamos atorando o perigon!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...