no ipod

No iPod: Mariah Carey – Infinity

Por em |

mariah

Depois do sucesso morno de seu último lançamento, Me. I Am Mariah… The Elusive Chanteuse, Mariah Carey volta com um novo single para que todos seus fãs pirassem.

Infinity é uma música que não é diferente do gênero que Mariah pegou e deixou sua marca. Achei muito boa, e confesso que gostei muito mais que todos os singles que ela veio apresentando ultimamente.

Com muitos gritos e notas agudas, Mimi arrasa e vem confiante que esse também será um hit digno de topo. Abusada ou não, a produção assinada por Eric Hudson, conta com arranjos orquestrados á um violino bem elétrico que conduz “Infinity” em alguns momentos chaves. E claro, tem Mimi fazendo o que ela sabe fazer de melhor: falsetear.

Ouçam a música abaixo e assistam ao lyric video fofo que fizeram. Impossível não amar o violino com borboletas, o coração derretendo e o arco-íris ao fim.

Infinity” já se tornou meu vício e eu perco as contas de quantas vezes ouço por dia. A música fará parte da coletânea hedonista de Mariah, onde só terá hits que conquistaram a posição suprema dos charts. Intitulado “Mariah Carey #1 to infinity”, Mimi mostra que não está de brincadeira e quer esfregar na cara das inimigas tudo o que conseguiu.

Enfim, eu adoro que Mariah tenha voltado a parceria com L.A. Reid e espero que ele dê muito palpite certo dessa vez e que venha muita coisa boa por aí. Quem sabe um dueto com Ariana Grande, Beyoncé, Jennifer Lopez…

Adam Lambert está de volta e em uma “Ghost Town”

Por em |

adamlambert

Sim! Adam Lambert voltou e está com seu coração vagando por uma cidade fantasma!

O nosso American Idol favorito lançou seu novo single, chamado “Ghost Town” e que foi produzido pelo hitmaker Max Martin. O resultado não poderia deixar de ser estrondoso né?

A faixa que segue a modinha europop com todos os sintetizadores e uma base trabalhada no house, “Ghost Town” soa acústica e íntima no início, mas a partir do refrão a faixa toma um impulso e se mantém dançante com uma batida envolvente. A letra é simples mas o refrão curto gruda na cabeça e quando você percebe, você já está cantarolando “MY HEART IS A GHOST TOWN”. Para o primeiro single, creio que Adam escolheu bem em apresentar uma faixa mediana e na medida, pois você não cansa de ouvir.

Para impulsionar as vendas do single, Adam soltou um lyric video que na minha opinião, ficou pobre. Achei bem parecido com aquelas visualizações do Windows Media Player, e como designer gráfico não aceito que tenha um conceito “espacial” sendo que podia ter feito algo mais a ver com a música. Enfim… ouça a música abaixo, que na verdade é o que importa:

Desde Trespassing, seu último álbum lançado há três anos, Adam dedicou sua carreira em fazer turnês com a banda Queen, e apresentando todos os sucessos que foram imortalizados na voz de Freddie Mercury junto à formação original da banda, que inclusive estarão no Rock In Rio esse ano. Mais maduro, Adam parece estar mais confiante nessa nova etapa de trabalho, pois com toda a correria da turnê, ainda trabalhou pesado em seu novo álbum, “The Original High”, que irá ser lançado em junho e que além da produção de Max Martin, conta também com a colaboração de Brian May, fundador e guitarrista do Queen e da queridinha do momento, a sueca Tove Lo.

Já prevejo que esse álbum vai ser um dos melhores e um dos que mais vou ouvir durante um bom tempo, pois o Adam consegue a proeza de fazer álbuns balanceados e que ao mesmo tempo que ele te anima com as batidas, ele nos leva a uma calmaria com suas baladinhas e sua voz indescritível. Eu sou fã e assumo que desde que a música foi lançada, já a ouvi mais de 100 vezes, e contando…

E sim Adam, eu te entendo. Eu também sinto as vezes que meu coração é uma cidade fantasma.

No iPod: Francinne – I’m Alive

Por em |

franporto

Para os fãs de Britney Spears, Francinne (ou Fran Porto, como é mais conhecida) não é um nome desconhecido. Famosa por ser uma das melhores covers da princesa do pop, Fran se destaca das outras por fazer o trabalho como “impersonator” há mais de dez anos e sendo reconhecida no Brasil todo.

Com o sucesso de sua perfomance na noite, Fran decidiu seguir na carreira de cantora e gravar um single, “I’m Alive” que foi produzido pelo top produtor Mister Jam, que assinou grandes hits, tais eles pertecentes a Wanessa e Kelly Key. A música vem sendo trabalhada há algum tempo, mas só ganhou notoriedade agora, que integra a trilha sonora da novela das oito da Rede Globo, Babilônia.

Eu encontrei a música por acaso em um site de notícias e desde que ouvi pela primeira vez, não parei mais de escutar. A faixa varia entre o electropop e o house que a gente conhece bem. A semelhança da voz de Francinne com Britney é enorme e as vezes “I’m Alive” soa como uma música na voz de Britney. O refrão é bem chiclete e tem aquela batida de quando um hino explode de boate sabe?

Não conseguiu imaginar? Então ouve abaixo e vamos torcer para que Francinne tenha muito sucesso nessa carreira, porque se depender de mim ela já conquistou um lugarzinho no sol.

Se você curtiu o som da gata, compre no iTunes!

No iPod: Grimes – REALiTi

Por em |

grimes11

Hoje eu quero trazer para o Fruto Proibido algo que eu tenho um imenso carinho: Grimes.  Claire Bouhcer ou só Grimes de 27 anos, chegou aos meus ouvidos em 2013 aonde uma amiga venho a me indicar Oblivion, qualquer pessoa que já tenha ouvido o som da Canadense sabe que ela é de uma sonoridade bem pessoal e única.

Toda essa “excentricidade” se da por ela começar seu caminho musical desde 2010, tendo influencias do cenário Eletrônico e Industrial Underground de Montreal. A moça nesse mesmo ano lança seu primeiro álbum intitulado “Geidi Primes” seguidos de alguns outros que iriam evoluir sua sonoridade e trabalho. Em 2012 ela lançou o que em minha opinião é sua obra prima “Visions“, foi aclamado pela critica era uma mistura de elementos musicais variados e vocais diferenciados que a fez ser considerada dona de um dos melhores álbuns do ano pelo The New York Times.

Em 2013 ela assinou com a gravadora Roc Nation, contudo REALiTi é uma demo de descartada de seu próximo álbum (que inclusive possuí outra musica descartada chamada “Go”). Com um vídeo que mostra sua viagem pela Ásia durante 2013, a moça mostra sua qualidade musical mesmo com uma faixa ainda não finalizada. As clássicas batidas nostálgicas e os vocais destorcidos causam aquela nostalgia que faz qualquer um se apaixonar pela banda.

Com um álbum previsto para chegar ainda esse ano, Grimes mostra que até mesmo em suas demos o nível de suas musicas continua o mesmo após todo esse tempo. Indicação pessoal de quem não consegue tira-la do repeat.

No iPod: Tokio Hotel – Love Who Love You Back

Por em |

Para quem não sabe, Tokio Hotel é uma banda com origem alemã e que ficou muito famosa em meados de 2007 com seu rock alternativo e que chamava a atenção pela imagem andrógina de seu vocalista, Bill Kaulitz. Em 2009, a banda foi afinando seu estilo, e lançando posteriormente o álbum “Humanoid” com referências eletrônicas e com um som pouco diferente do antecessor, mas contudo foi um grande sucesso.

Depois de cinco anos sem lançar um álbum de estudio, o Tokio Hotel volta com tudo em um álbum que grita novidade. A real prova é o single “Love Who Love You Back” que apesar de ter sido lançado em setembro, só fui ouvir agora e claro, estou vi-ci-a-do! Primeiramente porque a pegada da música é toda retro com elementos oitentistas e ao mesmo tempo futurísticas. Com a produção assinada pelo time Rock Mafia, “Love” é uma faixa em que diz de fato, para amar quem te ama.

Adorei a pegada da música e o clipe é um tanto quanto sexy. Vejam!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...